Depois de a Xiaomi me ter desiludido pessoalmente por não apresentar o seu Xiaomi Mi 6 na MWC 2017, com as informações que vão surgindo começo a pensar que talvez tenha sido a mais acertada decisão por parte da marca.

De acordo com as informações que têm sido avançadas mais recentemente, o próximo flagship da Xiaomi deverá ser apresentado em meados de Maio (e não em Abril como havia sido apontado). E no que toca a datas ainda é mesmo tudo muito incerto porque é aqui que as opiniões realmente diferem e, consequentemente, as possíveis especificações.

   

Preços, especificações e variantes

Xiaomi Mi6

Uma coisa parece ser unânime: existirão 3 versões do Xiaomi Mi 6. No entanto, a confusão começa nas especificações de cada variante bem como os eventuais motivos para existirem tantas variantes.

Ora, começando pela versão mais premium, as especificações deverão ser:

  • Ecrã: Quad HD 2K com tecnologia OLED e display curvo
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 835
  • GPU: Adreno 540
  • RAM: 6GB
  • Armazenamento: 256GB
  • Dupla câmara traseira
  • MIUI 8.3.14 baseada no Android 7.0 Nougat

A segunda variante, deverá ter especificações mais “humildes”:

  • Ecrã: Quad HD 2K com tecnologia OLED
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 821
  • GPU: Adreno 540
  • RAM: 4GB
  • Armazenamento: 128GB
  • Dupla câmara traseira
  • MIUI 8.3.14 baseada no Android 7.0 Nougat

E é nesta segunda variante que se começa a divergir as opiniões. Há quem acredite que esta variante será lançada mais cedo (talvez nas datas primeiramente apontadas para Abril) e que teria como objetivo a marca não perder mais tempo e conseguir conquistar corações em dúvida com, eventualmente e a título exemplificativo, o futuro Samsung Galaxy S8.

Vê também: Meizu consegue carregamento completo da bateria em apenas 20 minutos

Há ainda quem acredite que esta versão trará na mesma o processador Qualcomm Snapdragon 835 (e não o 821 referido acima) e que a diferença entre esta variante e a anterior falada resida apenas na quantidade de memória RAM e na capacidade de armazenamento interno.

Pessoalmente, acredito que não haverá um lançamento “precoce” porque desincentivaria os potenciais compradores a comprarem esta variante sabendo que pouco tempo depois seriam lançadas outras versões melhores e a um preço bastante semelhante. No entanto, acredito que esta variante venha realmente com o Snapdragon 821, não só para se diferenciar da primeira variante mas também pela diferença de preço que terá.

Por fim, a terceira variante contará com as seguintes especificações:

  • Processador: MediaTek Helio X30
  • GPU: PowerVR 7XT Plus GPU
  • RAM: 4GB LPDDR4X
  • Armazenamento: 64GB
  • Dupla câmara traseira
  • MIUI 8.3.14 baseada no Android 7.0 Nougat

Finalmente, falando num dos aspetos mais importantes – o preço – estes tornam os equipamentos realmente apetecíveis, seja qual a variante que escolhas. Respeitando a ordem das variantes apresentadas neste artigo, o Xiaomi Mi 6 estará disponível a $419, $332 e $289.

Mas lá está, importa salientar que nenhum destes aspetos foi ainda confirmado de forma oficial e que portanto, poderão não corresponder 100% da realidade (ainda por cima estando a Xiaomi a preparar processadores próprios).

Outros assuntos relevantes:

Xiaomi Mi Pad 3 e Mi Pad 3 Pro serão os novos tablets da marca

Galaxy S8 quebra recorde de pontuação na AnTuTu [vídeo]

E se o Night Shift do iPhone não for suficiente? Esta é a solução que procuras!


Fontes: AndroidPure    Playfuldroid
Vias: GSMARENA    andro4all    TecMundo

Estudante de Direito e amante de tecnologia. Tudo o que é inovador na vida atrai-me (menos comida muito “fora do normal”).
No meio tecnológico, aprecio particularmente smartphones, computadores e automóveis.
Integrar a equipa da 4gnews começou por ser um desafio pessoal e agora é um orgulho coletivo.