Xiaomi já ultrapassou a Samsung em vendas de smartphones num país da Europa

Carlos Oliveira
Comentar

Recentemente soubemos que a Xiaomi subiu ao segundo posto da hierarquia que contempla quem vende mais smartphones no mundo. Foi um marco muito importante para a tecnológica chinesa, tendo apenas mais um nome entre si e o topo da tabela.

O tão desejado primeiro lugar da tabela foi mesmo arrecadado pela Xiaomi no mês de junho. Os dados proveem da última análise ao mercado russo e delegam a Samsung para segundo posto em pleno verão europeu.

Xiaomi é líder vendas de smartphones na Rússia

Com efeito, em junho deste ano, a Xiaomi arrecadou uma quota de mercado de 31,2% na Rússia. Uma cifra alcançada agrupando as vendas registadas pela sua marca associada, a POCO.

Xiaomi Mi 11

Em contraponto, a Samsung caiu para uma influência de 29,8%, segurando assim o segundo posto da hierarquia russa. Em terceiro lugar temos a Apple (14,5%), em quarto a Realme (4,6%) e a fechar o top-5 encontramos a POCO (3,8%).

A popularidade da Xiaomi cresceu na Rússia assente em dois grandes vetores: boa qualidade dos produtos e preços acessíveis. Aliás, estes são alguns dos principais adjetivos que podemos apontar aos produtos da Xiaomi desde que a marca se lançou no mercado.

Se analisarmos o mesmo mercado nos primeiros seis meses do ano, verifica-se a liderança da Samsung. Tal como sucede na Europa inteira, a tecnológica sul-coreana foi a marca que mais smartphones colocou nas mãos dos utilizadores desde o início do ano.

A subida ao topo do mercado russo é encarado como um presságio para o potencial da Xiaomi. Esta beneficiou bastante com a quase nula influência atual da Huawei na Europa após as sanções impostas pelos EUA.

Não seria de espantar que, em breve, a Xiaomi chegue ao topo de mercado europeu, nem que seja por um breve período temporal. Mas, por enquanto, é a Samsung quem continua a liderar o mercado europeu na generalidade.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.