Xiaomi Android Espanha 1
A fabricante chinesa já tem um escritório em terras de “nuestros hermanos”.©donovansung

A 4ª maior fabricante mundial de smartphones e 4ª maior fabricante na Europa é um caso de sucesso particularmente pungente em Espanha. Aí, a Xiaomi inaugura agora o primeiro escritório. Aliás, este sucesso motivou a também a fabricante Android, a OPPO a decidir-se pela expansão para o nosso país vizinho.

Tendo entrado oficialmente em Espanha há cerca de 6 meses, em novembro de 2017, a Xiaomi cresceu de um forma incrível. Neste momento já ultrapassou a Apple, LG, Sony e BQ no mercado espanhol. É, atualmente, a 3ª maior fabricante aqui mesmo ao lado.

Vê ainda: ASUS ROG Phone é oficial! Smartphone perfeito para os jogadores?

O anúncio foi feito por Donovan Sung, o porta-voz global da Xiaomi, através da sua conta oficial no Twitter. Aí, Sung mostra-se extremamente satisfeito do passo dado pela marca num mercado em que há tão pouco tempo entraram.

Superando até mesmo as melhores expectativas da empresa, desde novembro de 2017 que a Xiaomi já tem quatro lojas em Espanha. Com efeito, a fabricante Android conta com “Mi Stores” em Barcelona e em Madrid, estando também presente nas cadeias de venda a retalho.

A Xiaomi é a 3ª maior fabricante em Espanha

Por outras palavras, a fabricante Android já está firmemente implementada no mercado de dispositivos móveis da Espanha. Agora, cimenta esta presença com a abertura das suas novas instalações oficiais para lidar, entre outros assuntos, com a experiência pós-venda. Mais ainda, os seus smartphones Android também já são distribuídos através de algumas operadoras espanholas, ajudando assim a espalhar o seu nome. O seu crescimento só pode ser apelidado de imenso e exemplar.

Note-se que no mercado espanhol, os terminais topo de gama como o Mi MIX 2, o Mi A1 e até mesmo os gadgets da marca. Todos eles com uma relação preço/qualidade que não deixa os consumidores indiferentes.

Smartphones Android e gadgets da marca são cada vez mais populares em Espanha

Relembro que a fabricante Android implementou uma restrição das margens de lucro a 5% (valor máximo por cada produto). Posto isto, os seus preços são e continuarão a ser extremamente competitivos.

Agora, esperamos por uma loja oficial – Mi Store – em Portugal.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Nokia prepara smartphone com o mesmo processador do Xiaomi Mi 8 SE

OPPO seguirá o exemplo da Xiaomi e entrará oficialmente em Espanha

Xiaomi Mi Band 3 ainda não chegou às lojas e já quebra recordes

Fonte

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).