Xiaomi devolve dinheiro a todos os que compraram o seu primeiro smartphone

Bruno Coelho
1 comentário

A Xiaomi é hoje, segundo dados oficiais, a segunda maior fabricante de smartphones a nível mundial. Esse estatuto demorou pouco mais de 10 anos a ser atingido, e tudo começou com o Mi 1.

O primeiro smartphone da Xiaomi foi anunciado há 10 anos. O Mi 1 terá vendido qualquer coisa como 184 600 unidades, tendo um preço inicial de 1999 iuanes (263 euros em conversão direta).

Xiaomi devolve valor do Mi 1 em formato voucher aos compradores

No que diz respeito a receitas, o smartphone terá gerado 370 milhões de iuanes (48,7 milhões de euros), sendo apenas o primeiro de muitos a ajudar a Xiaomi a chegar onde está hoje. Agora a fabricante chinesa está pronta para recompensar todos os compradores deste equipamento.

Segundo o que a marca revelou através da rede social Weibo, a marca vai devolver o valor do smartphone a todos os compradores. De forma a tornar o processo mais simples, oferecer-lhes-á um voucher que poderão usar em compras de qualquer produto na loja online da marca na China.

Comunicado da Xiaomi sobre oferta de voucher do Mi 1
Comunicado da Xiaomi sobre oferta de voucher do Mi 1

Esta é uma boa forma de a Xiaomi mostrar que valoriza todos aqueles que a ajudaram a iniciar o caminho de sucesso que acabou por atingir. Tudo isto numa semana em que voltou a mostrar que está na linha da frente da indústria.

A fabricante apresentou, na China, o Xiaomi Mi MIX 4. Este é o seu primeiro smartphone com câmara frontal de baixo do ecrã, tendo um preço equivalente a 629 €. Este evento ficou também marcado pelo regresso da fabricante ao segmento de tablets, com o anúncio dos Mi Pad 5.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.