Xiaomi anuncia chegada do Mi 11, e não resiste a uma farpa à Huawei

Bruno Coelho
1 comentário

O lançamento global do Xiaomi Mi 11 aproxima-se. Esta quinta-feira a Xiaomi lançou um enigmático tuíte a dizer “Prontos?”, indicando isso mesmo. Horas antes tinha partilhado um anúncio de antevisão ao smartphone, sem fugir a uma bicada à Huawei.

Na publicação, a Xiaomi releva que o Mi 11 estará equipado com a MIUI e o Android 11, com uma experiência fluida. Na parte final, a Xiaomi escreve “com as tuas aplicações favoritas da Google e a proteção da Google Play”, em clara referência ao facto de a Huawei não poder usar oficialmente estes serviços nos seus smartphones.

Na imagem partilhada no tuíte, vemos o Mi 11 com os logos da Xiaomi e do Android em destaque. Em baixo destes são destacados os ícones de serviços da Google, como o Fotos, o News, o Duo e a Play Store.

¡Atención que el #Mi11 llega en nada!Y estará equipado con @miuirom y @Android11, por lo que te espera una experiencia de usuario ultra fluida y con tus aplicaciones favoritas de Google y la protección de Google Play. pic.twitter.com/nbaR7k33jP

— Xiaomi España (@XiaomiEspana) 27 de janeiro de 2021

É importante destacar que este tipo de anúncio pode ser também uma imposição da Google, como já vimos no passado. Sendo que é algo que apenas começou a suceder depois das sanções impostas à Huawei pelos Estados Unidos. A própria página do Android retuitou a publicação da Xiaomi escrevendo "estamos ansiosos para ver os novos recursos do Android 11 no Xiaomi Mi 11".

Recorde-se que o Xiaomi Mi 11 foi apresentado na China a 28 de dezembro, sendo o primeiro smartphone a ser comercializado com o Snapdragon 888 a nível global.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.