WhatsApp introduz mudança importante no armazenamento de multimédia

Carlos Oliveira
Comentar

A plataforma de comunicações instantâneas WhatsApp continua a dar primazia à privacidade dos seus milhões de utilizadores. Após a introdução das mensagens temporárias, agora é tempo de mudar a gestão de conteúdo multimédia presente nas mesmas.

Com o lançamento da nova versão beta do WhatsApp para Android e iOS. a app deixa de gravar automaticamente no smartphone multimédia presente nas mensagens temporárias. O objetivo é aumentar a privacidade dos utilizadores.

WhatsApp não grava conteúdo multimédia das mensagens temporárias

Até agora, o WhatsApp gravava qualquer conteúdo de multimédia na memória interna do smartphone do utilizador. Este cenário era aplicável a qualquer mensagem recebida em qualquer sala de conversação.

WhatsApp

Agora, este método será diferente para as conversações com mensagens temporárias. O armazenamento de multimédia nestes chats passará a estar desativado por defeito.

Com efeito, a opção "Visibilidade de ficheiros" passará a estar desativada em todas as salas de conversação com mensagens temporárias. Significa que qualquer imagem, vídeo ou GIF deixará de estar automaticamente disponível na galeria do equipamento.

Todavia, o WhatsApp continuará a possibilitar o armazenamento dessa multimédia na galeria do smartphone. Para isso o utilizador terá de ativar manualmente essa opção nas definições da aplicação.

O objetivo desta mudança prende-se com a privacidade de todos os participantes de qualquer sala de conversação. A ideia é manter qualquer conteúdo multimédia privado, mesmo em chats com muitos participantes.

Esta funcionalidade está, por enquanto, disponível no canal beta do WhatsApp para Android e iOS. Segundo revela a WABetainfo, a novidade deverá aparecer aos utilizadores nas próximas 24 horas.

O canal público e estável da aplicação não tardará a receber a mesma funcionalidade. É uma questão de aguardar e manter a aplicação do WhatsApp constantemente atualizada.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.