Vodafone promete 5G para todos em mais uma zona até ao verão

Bruno Coelho
Comentar

Depois do investimento realizado no Arquipélago dos Açores, a Vodafone revela em comunicado que o mesmo tratamento será dado à Região Autónoma da Madeira. Isto significa que toda a população da Madeira e Porto Santo terá 5G até ao verão.

Em comunicado, a Vodafone afirma que 99% de toda a população da Região Autónoma da Madeira vai estar coberta pela nova rede 5G da Vodafone até ao próximo mês de julho. É este o resultado de um investimento significativo da Empresa na expansão e modernização da rede móvel nas ilhas.

16 novas estações instaladas na Madeira

No total, a intervenção vai contemplar a instalação de 16 novas estações (onde são colocadas as antenas) no território. Isto significa que serão ampliadas em 18% o número de estruturas deste tipo na região.

Tal aumenta a atual cobertura de 4G, que chega praticamente à totalidade da população, e disponibiliza o 5G de forma generalizada, já que será incorporado em todas as estações da Região.

Os utilizadores poderão assim usufruir de uma cobertura alargada tanto das zonas urbanas - incluindo espaços interiores -, como das áreas suburbanas e rurais, alcançando praticamente a totalidade da população das ilhas.

Velocidades de transmissão de dados de 1 Gbps nos principais centros urbanos da Madeira e Porto Santo

Tal como nos Açores, o reforço de 5G permitirá obter velocidades de transmissão de dados de 1 gigabit por segundo (Gbps) nos principais centros urbanos da Madeira e Porto Santo. Dessa forma, os utilizadores podem ter uma velocidade mais de três vezes superior ao que é possível com o serviço 4G.

“Graças a este investimento a Região Autónoma da Madeira, tal como a Região Autónoma dos Açores (onde o nosso 5G também estará disponível para todos até ao verão) serão, em 2022, as regiões do País com maior percentagem de população com acesso à rede Vodafone de última geração”, afirma Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal.

Recorde-se que a Vodafone tem em marcha plano muito agressivo de investimento para alcançar em quatro anos um nível de cobertura de 5G que, no caso da geração móvel anterior, demorou uma década a fazer. Até 2025, o objetivo é ter 95% da população do País coberta, com uma velocidade mínima de 100 Mbps

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.