Volkswagen Multivan T7 revelada: a “Pão de Forma” moderna

Bruno Coelho
Comentar

Quem não se recorda da clássica “Pão de Forma” da Volkswagen? A clássica multivan tem agora uma descendente, que dá pelo nome de Multivan T7. Este veículo de passageiros foi revelado com design atrativo, e uma proposta híbrida.

O seu aspeto mais cúbico mostra-nos que não deriva de um veículo comercial. É marcadamente para passageiros, e não terá direito às referidas variantes comerciais. Assenta na plataforma MQB, que vemos em exemplos como o VW Golf ou a VW Passat.

Volkswagen

Volkswagen Multivan T7 incluída na plataforma MQB

Vai dispor de uns generosos 4,973 metros de comprimento, 1,941 metros de largura e 1,903 metros de altura. O interior é espaçoso, e a plataforma MQB abre lugar para as inovações tecnológicas esperadas.

Conta com um ecrã Digital Cockpit de 10,25” polegadas, sistema Car 2X e Travel Assist. É na sua motorização híbrida, que está também uma das propostas mais atrativas deste modelo: a eHybrid.

Volkswagen

Dispõe de um motor a gasolina 1.4 TSI e um motor elétrico. Tal resultado em 218 cv, ou 160kW. De referir ainda que a bateria colocada é de 13kW, e promete autonomia em torno dos 50 km. O que, para as “voltas” diárias será suficiente para muitos. A variante a gasolina tem 136 cv, e haverão no futuro outras opções, também a Diesel

Dispõe de até 7 lugares individuais, podendo os bancos das segundas e terceiras filas ser retirados para grande aproveitamento do espaço. Os bancos da segunda fila podem inclusivamente girar e ficar viras para trás.

Volkswagen

Esta ainda não é a ID.Buzz, de que tanto temos falado. Esse modelo só será apresentado em 2022, em variantes de passageiros e para carga. A grande diferença é que essa será 100% elétrica.

A chegada da Multivan T7 está prevista para o final de 2021, e os preços oficiais ainda não são conhecidos.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.