Vê como será o primeiro smartwatch da Huawei com HarmonyOS (vídeo)

Carlos Oliveira
Comentar

Por estes dias decorre a conferência para programadores da Huawei, de onde chegam várias novidades relativamente ao seu software. Depois de ter anunciado a segunda versão do HarmonyOS, a tecnológica chinesa dá-nos o primeiro vislumbre de como se portará o seu sistema operativo nos seus smartwatches.

A ideia do pequeno vídeo que foi partilhado nunca foi mostrar-nos o design desse smartwatch. Por isso, não é de estranhar que ele esteja envolta numa espécie de caixa, dando todo o protagonismo ao seu software.

Embora a interface esteja em mandarim, há alguns pormenores que são facilmente percetíveis no vídeo. Desde logo, a forma de interação com o HarmonyOS não será muito diferente dos sistemas atuais. Será por intermédio dos gestos que poderemos navegar pelos diferentes menus.

Relativamente a funcionalidades, confirma-se a presença de um sensor SpO2 para medição da concentração de oxigénio no sangue, sensor de batimentos cardíacos e monitorização de atividade física. Uma vez mais, tópicos bastante conhecidos neste nicho de mercado.

O autor deste vídeo salienta que não foi possível partilhar mais pormenores por razões de confidencialidade impostas pela Huawei. Sem grande surpresa, a tecnológica deseja que o mundo veja apenas aquilo que ela quer.

Primeiro smartwatch com HarmonyOS chega no final do ano

Acompanhando este vídeo, chega a notícia de que a Huawei planeia colocar o seu primeiro smartwatch com HarmonyOS no mercado até ao final do ano. Algo que fará dele o primeiro produto mobile com o sistema operativo próprio da Huawei a atingir as prateleiras.

Por enquanto, não sabemos se este smartwatch virá a ser comercializado a nível global ou se será um exclusivo do mercado chinês. Este poderá ser o produto ideal para a empresa testar o mercado fora de portas.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.