Umidigi S2 Lite: Primeiras impressões do Android com baixo custo

Filipe Alves

Umidigi S2 Lite: Primeiras impressões do Android de baixo custoO Umidigi S2 Lite chegou uns dias depois do S2 aqui para review. Visto que ambos os smartphones Android são idênticos tomaremos os dois de rajada para uma review em breve. Porém, antes da review há necessidade de olhar para o que nos traz na caixa e quais as nossas primeiras impressões.

O Umidigi S2 Lite e o S2 não se diferenciam em nada na sua parte exterior. Ambos os smartphones mostram a mesma qualidade de construção, design e pormenores exteriores. A grande diferença é apenas vista quando olhamos para a caixa e para as especificações.

Vê ainda: Smartphone da Vivo quase sem margens emerge na internet

Tanto o Umidigi S2 Lite como o S2 chegam numa caixa bem cuidada e com acessórios de qualidade. O modelo superior dá-nos apenas uma capa traseira com efeito sandstone um pouco mais agradável que a cada de silicone incluída na Umidigi S2 Lite.

O cabo USB-C é de qualidade, o carregador é rápido e a o dongle para a entrada 3.5 dos headphones é também incluída.

Umidigi S2 Lite oferece uma bateria de longa duração e um "corpo" delgado

Olhando diretamente para a qualidade de construção temos apenas motivos para ficar surpreendidos pela positiva. O Umidigi S2 Lite e o S2 contam com uma qualidade de construção fenomenal para o preço do dispositivo. O toque frio do metal é agradável e o sensor de impressões digitais na parte traseira é rápido.

O vermelho metalizado dá-lhe um "toque" especial. O smartphone grita quando sai do teu bolso e serão muitas as pessoas que te perguntarão qual é o terminal que estás a usar.

Sabe mais sobre preços e envios aqui

De referir ainda é o ecrã do terminal. Com 5.99" polegadas e resolução HD+ este ecrã não é perfeito mas é agradável. A saturação é também no ponto certo. Embora tenha falta de uma qualidade AMOLED temos de ter em conta que o dispositivo Android custa 124€.

Relativamente a especificações o smartphone traz-nos Android Nougat de origem com um User Interface idêntico ao Android puro, processador MediaTek MT6750T corre a 1.5GHz e na minha pouca experiência não parece deixar ficar mal o utilizador mais básico.

Sabe mais sobre preços e envios aqui

A salientar são ainda os 4GB de memória RAM, 32GB de memória interna com possibilidade de expansão, Dual-SIM e ainda uma bruta bateria de 5100 mA.

As câmaras servirão para guardar os momentos mas não esperes milagres de um smartphone de 124€. De dia terás fotografias aceitáveis, com luminosidade mais baixa as coisas não são tão boas.

Sabe mais sobre preços e envios aqui

Tenho de admitir que estou surpreendido pela positiva com este Android de baixo custo. Só na review completa, que acontecerá em breve, é que terei uma ideia mais concreta do terminal mas tudo parece encaminhado para um resultado positivo.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Rayquaza e mais Pokémon de Hoenn estão a chegar ao Pokémon GO

Xiaomi quer liderar o mercado chinês daqui a 2 anos com os seus Android

Elephone S8: Atreve-te a ganhar um smartphone sem margens!

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.