Ulefone Armor, o robusto smartphone com 40 mil no AnTuTu

Filipe Alves

ulefone-armor

Para os mais atentos a benchmarks nos smartphones sabe que nos dias de hoje é normal vermos pontuações acima de 50 mil pontos. Os smartphones de gama-média cada vez são mais capazes, contudo, quando olhamos para os gama-baixa, ter uma boa pontuação nos benchmarks não é propriamente normal.

Sabe mais sobre o telefone e preços aqui

O Ulefone Armor, aqui falado anteriormente, não é um smartphones fantástico nem em specs, nem em design. Este equipamento é desenhado para um público especifico. É feito para todos aqueles que tem mãos de manteiga, ou trabalhos pesados, é feito para todos que necessitam que o smartphone aguente bons tombos sem partir.

ulefone-armor-11

Mas a Ulefone não quer ficar por aqui, o Ulefone Armor aguenta alguns jogos e uma utilização acima da média sem problemas.

Sabe mais sobre o telefone e preços aqui

No novo vídeo postado pela marca, podemos ver alguns jogos que puxam pelos gráficos a correr perfeitamente no terminal, vemos ainda a sua pontuação no AnTuTu que vai para os 40 mil, mais do que suficiente para um utilizador mediano.

ulefone-armor-12

O Ulefone Armor conta com um ecrã de 4.7" polegadas HD, processador MediaTek MT6753, 3GB de RAM e 32GB de memória interna com possibilidade de expansão. De referir que o design é robusto e com certezas que aguentará um utilizador descuidado.

Sabe mais sobre o telefone e preços aqui

Em si, esta é uma compra sólida, claro que não é o mais elegante terminal da marca, mas cumprirá com o prometido.

Talvez queiras ver:

Facebook: A nova estratégia de Mark Zuckerberg para acabar com as notícias falsas

Siri poderá receber funcionalidades semelhantes ao Google Assistant através do iMessage

Bluboo Edge: Cópia do Galaxy S7 edge vendeu 30 mil unidades na primeira semana

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.