Tim Cook parece ser a pessoa certa para o momento vivido pela Apple

Pedro Henrique

A Apple parece estar a passar um mau bocado com os recentes resultados em torno das fracas vendas da mais recente geração do Apple iPhone e restantes produtos que a empresa tem no mercado.

Claro que, devido a isso, Tim Cook tem sido posto em causa, pelo menos por alguns. No entanto, Leander Kahney, editor e ex-repórter da Wired News, relata que Tim foi (e é) bem mais relevante do que aparenta. Afinal, o mesmo foi escolhido a dedo por Steve Jobs em 1998.

Apple Tim Cook

Nessa altura, a empresa norte-americana havia contratado Tim pois o mesmo seria a escolha certa para libertar o stock da empresa tecnológica de Cupertino. Aliás, Tim conseguiu fazê-lo na época com Macs. E, do mesmo modo, tornou bem mais simples e próxima a relação da Apple para com os seus parceiros e retalhistas.

Tim Cook é assim tão determinante?

No fundo, foi escolhido pela sua capacidade de libertar stock, de o fazer circular e de o controlar da melhor forma, de modo a que este não pesasse em demasia a nível de custos. Assim, parece que será Tim a pessoa certa para atravessar o período mais negro que vive agora, como CEO da Apple.

Ainda que não tenha experienciado nada semelhante até então, a verdade é que, mesmo que se possa duvidar, deverá ser Tim uma das pessoas mais capazes à criação de uma rotina saudável para que a gigante volte à ribalta, tal como nos havia habituado anteriormente. Mesmo assim, nem tudo é tão simples quanto pode parecer.

Todavia, não se sabe até que ponto é que o mesmo se poderá dizer no próximo mês de setembro. Os investidores estão já a questionar-se sobre o futuro da companhia onde investiram e em que acreditam. No entanto, os resultados não estão a ser aqueles que esperavam e sem dúvida que isso poderá ser determinante para a continuidade de Tim Cook. Veremos.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

Pedro Henrique
Pedro Henrique
Fã incondicional de tecnologia e cultura quer partilhar o conhecimento adquirido com todos.