12 dicas para deixares de ter o telemóvel lento

Pedro Ferreira

Ter um smartphone lento não está limitado apenas a smartphones baratos. Os topos de gama também sofrem do mesmo problema e isso foi confirmado pelas grandes marcas. É normal os equipamentos sofrerem uma decadência no desempenho com o passar dos anos, pelo desgaste.

Felizmente, existem soluções para ajudar o smartphone a trabalhar a todo o "gás" e otimizar a performance do teu smartphone. Com estes simples passos poderás perceber se existe algum problema com o equipamento e qual a origem da lentidão do mesmo.

1. O Files Go da Google limpa o armazenamento e dados em cache

telemovel-lento

Files Go - Versão Android para download

A aplicação é excelente, para além de analisar os ficheiros e aplicações que não usas no teu telemóvel, permite que consigas criar backups de dados/ficheiros e ainda mover ou copiar ficheiros de um armazenamento para outro, de forma simples.

Às vezes, as aplicações transferem imagens, videos e outros dados da página para ficarem armazenados e com isto aumentar a velocidade de resposta da página. Contudo, esses ficheiros ficam em cache e tendem a ficar "acumulados" e começam a preencher o espaço livre do nosso smartphone.

Essa cache pode conter arquivos temporários que não são usados e até, ficheiros corrompidos que possam ter tido falhas na transmissão de dados.

2. Fecha todas as aplicações em 2º plano (background)

telemovel-lento

Sistemas operativos de mobile como o Android da Google e o iOS da Apple, já conseguem fazer uma boa gestão de recursos nos aplicativos. Contudo manter muitas aplicações em 2º plano podem atrasar o teu equipamento. A primeira coisa a fazer é fechar a aplicação que não uses.

Podes fechar tudo de maneira mais rápida e simples, que é aceder à lista de aplicações abertas em 2º plano e arrastar, soltar ou largar as aplicações que não queremos de forma a fechar a mesma. Com isso poupamos recursos e ainda conseguimos aumentar a longevidade da bateria.

3. Reinicia o equipamento

telemovel-lento

Pode parecer básico demais, mas é uma coisa que precisa de ser feita. É um erro comum pensar que "os novos smartphones" não precisam de ser desligados ou reiniciados. Com o reinicio fechas todos os processos, limpas a cache em utilização e ainda a RAM.

Depois de desligado, espera alguns segundos e pressiona o botão novamente para o ligar novamente. É basicamente um processo de limpeza que irá otimizar a memória e recarregar o sistema operacional, o pode solucionar alguns problemas.

Como vês, são bastantes processos que influenciam diretamente no desempenho do smartphone. Recomendamos que reinicies o equipamento pelo menos, uma vez de 2 em 2 semanas.

4. Mantém o sistema atualizado

telemovel-lento

É essencial certificares-te de que o teu telefone está atualizado, grande parte dos fabricantes tem tendência a lançar atualizações mensais que corrigem bugs do sistema, vulnerabilidade de segurança e melhorias no desempenho.

A Google, por exemplo, lança atualizações de segurança mensais, que são cruciais, pois oferecem correções na vulnerabilidades da segurança do sistema e pequenas melhorias.

Para verificares se tens uma nova atualização disponível, basta ires às Definições - Sobre o telefone - Atualização do sistema. Se houver uma atualização pendente, deves instalar.

5. As aplicações devem ser atualizadas

O mesmo acontece com as aplicações da Google Play Store, as mais recentes versões previnem erros antigos, problemas na estabilidade da aplicação e muitas vezes novas funcionalidades. Podes até aceder à update notes das aplicações, na página da aplicação, e perceber quais as alterações da nova atualização.

O processo é semelhante, maior partes da vezes és notificado de uma nova atualização, mas se o quiseres fazer de forma manual.

Abre a aplicação Google Play Store - Na barra de pesquisa, do lado esquerdo tens um menu (ícone com 3 traços) - Os meus jogos e apps e atualiza as tuas aplicações instaladas.

6. Percebe quais as aplicações que mais "pesam" na autonomia e desempenho

telemovel-lento

Se notas que a tua bateria descarrega mais rápido do que o normal, poderá ser uma aplicação ou processo que esteja com problemas. Mesmo as aplicações de 2º plano como o Facebook, Instagram, WhatsApp, entre outros, tendem a consumir mais bateria, daí ser importante perceber qual poderá a criar um drainda tua bateria.

Para isso, abre as Definições - Bateria e aí poderás perceber os processos, alterar a otimização da bateria, gestão de aplicações em 2º plano e ainda perceber mais pormenorizadamente como a tua bateria é utilizada e gerida pelo sistema.

Dentro do menu Bateria tens ainda a opção Utilização da bateria que te fornecerá todas essas informações detalhadas.

7. Desinstala qualquer tipo de Bloatware e aplicações que não uses

O bloatware tornou-se um grande problema no Android, alguns fabricantes implementam os seus serviços e lojas, para além dos serviços Google, e muitas vezes vemos ainda jogos instalados e aplicações de parceria do fabricante.

Muitos deles até são inofensivos, mas outros iniciam com o sistema, desgastam a tua bateria e ainda cria processo em 2º plano. Embora muitas delas não possam ser removidas, podem sempre ser desativadas.

Basta ir às Definições - Aplicações e verás todas as aplicações instaladas no equipamento. Aqui podes remover ou desativar aplicações que não uses ou não conheças. Se for uma aplicação proveniente da Google Play Store, podes remover a partir da mesma.

8. Desativa os Widgets

telemovel-lento

Estas "mini-aplicações" podem até ser super úteis e facilitam o uso do telemóvel mas ao mesmo tempo podem estar a consumir mais recursos e quem sofre mais é o processador e a bateria.

Temos que nos lembrar. que para a aplicação estar presente no nosso ecrã de desbloqueio ou no ecrã principal, ela está aberta e a correr em tempo real.

Não precisas de remover todos, claro! Mas recomendamos que desatives os menos usados.

Para remover um widget, pressiona sobre o mesmo e remove-o. Se pretenderes apenas desativar, terás que aceder às configurações da aplicação para o fazer.

9. Experimenta as aplicações "lite"

telemovel-lento

Caso uses um telemóvel com recursos mais limitados, existem soluções para as redes sociais, que pesam menos no teu processador e principalmente na bateria. O Facebook é um exemplo disso, criou aplicação otimizada para dispositivos com 1GB de RAM e redes 2G.

Podes transferir a partir do teu Android qualquer uma das aplicações lite, disponíveis na Google Play Store:

10. Instala outro launcher mais leve

telemovel-lento

Os dispositivos Android One são os melhores neste aspeto, sem qualquer personalização ou alteração têm uma fluidez muita boa. Muitas vezes o problema de lentidão do smartphone pode resolvida com a instalação de uma launcher mais leve.

Felizmente é possível contornar os launchers pré-definidos e instalar qualquer outra opção da Google Play Store. Recomendamos aplicações como o Nova Launcher, o Action Launcher e ainda o Lawnchair Launcher (recomendado para smartphones com menos recursos).

11. Nunca, jamais, instales otimizadores de bateria

Pode parecer um contrassenso, mas grande parte das aplicações de otimização de bateria e processador não valem a pena, ou vêm infestadas de aplicações 3rd party. Para além disso, serás "atacado" com anúncios intrusivos e muitos deles contêm malwares.

Se precisares de remover aplicações, fechar aplicações em 2º plano poderás fazê-lo sem precisar de outras aplicações. O nosso passo nº 7 pode ser usado para o mesmo efeito.

12. Formatação poderá ser a ultima solução

telemovel-lento

Repor os dados de fábrica deverá de ser a última coisa que deves tentar antes de achares necessário trocar por um novo telemóvel. No entanto, se o smartphone for muito antigo, poderá começar a ficar lento novamente à medida que o utilizamos.

Para restaurares o telemóvel com as definições de fábrica deve aceder às Definições - Contas e cópia de segurança - Cópia segurança e restauro e dentro deste sub-menu podes formatar o teu telemóvel e verificar se o funcionamento do mesmo está mais rápido.

Muitas vezes os nossos equipamentos estão lentos e poderá ser um pequeno intruso, para isso conhece 10 sinais que indicam se o teu telemóvel está a ser espiado.

Pedro Ferreira
Pedro Ferreira
O amor pela tecnologia e gaming surgiu quando recebeu o primeiro computador em 2001. Concluiu o curso Tecnológico de Informática e ingressou na Worten com a especialidade de Áudio e Imagem, HI-FI. Gosto que se desenvolveu em conjunto com a tecnologia e que perdura até aos dias de hoje!