Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

Sony WF-C500 Review: auriculares bons no que realmente importa

Bruno Coelho

A Sony acaba de lançar os auriculares Bluetooth WF-C500. Estes chegam ao mercado como uma opção para quem não quer gastar mais de 100 € nuns auriculares, e procura algo equilibrado. Serão estes os auriculares certos para ti? Acompanha-me nesta análise e vem descobrir.

Olhar para os Sony WF-C500 é olhar para uns auriculares que parecem ser uma versão barata dos estupendos WF-1000XM4. Não há aqui características de encher o olho, como o cancelamento de ruído. Mas se a tua prioridade é a qualidade sonora, estes podem ser os auriculares certos para ti.

Sony WF-C500

Unboxing e primeiras impressões

Tal como os seus auriculares topo de gama, os WF-C500 são-nos apresentados numa embalagem onde não existe plástico. E assim que os retiramos da caixa, só lá está o essencial.

Temos borrachas de três tamanhos, e um cabo USB-C para USB-A que vais usar para carregamento. Aparte isso, temos os habituais manuais de instruções e o próprio estojo de carregamento com os auriculares no seu interior.

Disponíveis em preto, verde e branco. Testámos a versão em branco, e a parte superior com alguma transparência é salutar para sabermos se os auriculares ou a própria caixa estão a ser carregados.

Sony WF-C500

Design discreto e conforto garantido

Comparativamente a outros produtos do género, tanto o estojo de carregamento como os auriculares apresentam uma construção bastante robusta. É satisfatório o clique ao fechar o estojo de carregamento, e o magnetismo é bastante poderoso.

Os auriculares estão fixos na medida certa, não sendo difíceis de retirar, mas também não caindo mesmo que andes aos ‘trambolhões’ com a caixa aberta.

Já os auriculares em si, apresentam um design com a mesma ideologia circular dos WF-1000XM4. No entanto, estes são mais pequenos e discretos, o que acaba por ser vencedor para quem procura conforto.

Sony WF-C500

Embora se possam considerar confortáveis, os WF-1000XM4 não eram uns auriculares que conseguia usar por longos períodos de tempos. Estes, sendo mais pequenos, acabam por ficar mais tempos sem que me sinta desconfortável.

Duração de bateria nos auriculares é muito boa

Isso leva-nos a uma das características mais importantes para quem, como eu, pode passar um dia inteiro com estes auriculares. A Sony promete 10 horas de autonomia nestes, mais de 10 horas no estojo do carregamento.

Pela minha experiência, essas contas estão certas se usares o volume a média altura. Com perto de 10 horas de autonomia, consegues ter nestes auriculares a segurança de que vão funcionar num dia inteiro de trabalho ou em viagens mais longas.

Sony WF-C500

Podíamos ter sumo além das 10 horas no estojo de carregamento, mas perder-se-ia alguma portabilidade. E se por dia ouvires 3 a 4 horas de música com estes auriculares, podem facilmente durar-te a semana inteira.

Dispõem de carregamento via porta USB-C, e não têm carregamento sem fios. Esta é uma falha que lhe apontamos, visto que já existem produtos mais baratos no mercado com esta característica.

Qualidade de som é acima da média

Esta é a característica mais importante em quaisquer auriculares, e os Sony WF-C500 dominam-na como poucos nesta faixa de preço. A Sony pode ter cortado noutros campos, mas estes auriculares soam mais perto de auriculares bem mais caros do que propriamente de concorrentes dentro da sua faixa de preço.

Sony WF-C500

Como é apanágio da Sony, os graves são pronunciados e energéticos. Contam também com tons médios e agudos balanceados, para que tudo soe pelo melhor. Mas se o perfil de áudio não for o que mais de agrada, através da app Sony Headphones Connect disponível para Android e iOS, tens acesso a um equalizador.

A integração com a app é básica

Ao contrário de outros produtos de áudio da Sony, a integração com estes é mais simples na App Headphones Connect. Além do equalizador, podes também configurar ali o 360 Reality Audio, com uma análise às tuas orelhas.

Há também espaço para definires a qualidade de ligação Bluetooth e a possibilidade ativares o DSEE. Esta tecnologia da Sony melhora a tua fonte de som existente (os MP3 ou AAC com perdas) para uma qualidade de som próxima da alta resolução.

Sony

Também na app é possível alterar o guia de voz e notificação para português. Além disso, terás sempre disponível o nível de bateria dos auriculares.

A qualidade de chamadas não desilude

Tendo em conta o tempo que passamos com estes produtos diariamente, é bom que a qualidade de chamadas não desiluda. Para um perfil discreto, estes auriculares contam com qualidade suficiente nos testes de chamadas que fizemos, mesmo com algum ruído de fundo.

Sony WF-C500

São confortáveis e preparados para desporto

Estes não são os auriculares com o design clássico para desporto. Mas posso dizer-te que a sua fixação à orelha e conforto é das melhores que já vi, e correr com estes nunca se revela um empecilho.

Além disso, é bom ressalvar que contam com certificação IPX4. Isto significa que são resistentes a sua e salpicos, pelo que não corres riscos em sessões mais intensas.

Sony WF-C500

Considerações finais

Pontos fontes dos Sony WF-C500

  • Qualidade de áudio acima da faixa de preço
  • Design discreto e de grande conforto
  • Excelente bateria nos auriculares

Pontos fracos dos Sony WF-C500

  • Falta de carregamento sem fios
  • Falta de personalização dos botões na app
  • Não têm cancelamento de ruído ativo

Sony WF-C500

Um produto direcionado para som pode ter muitas características de encher o olho, mas se no final das contas não soar bem, cumpriu o seu efeito? Os WF-C500 não têm muitas características para fazer número, mas soam efetivamente bem pelo seu preço.

Se procuras uns auriculares em torno de 100 €, e a tua grande preocupação é a qualidade sonora, esta é provavelmente a melhor opção que vais encontrar. Contam com um preço base de 99,90 €, mas encontra-los frequentemente em promoção na Amazon de Espanha. Em Portugal também os podes encontrar pelo mesmo preço na PCDIGA.

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.