Sony é a nova concorrência ao Uber com mais de 10 mil carros!

António Guimarães

A Sony acabou de lançar o serviço S. Ride no japão com uma frota de mais de 10 mil carros. Este serviço vem competir com o massivo Uber, numa jogada completamente inesperada.

Este serviço foi criado pela Sony com uma parceria de 5 companhias de táxi japonesas. Devido aos serviços típicos de pedido de transporte terem sido banidos no Japão, as empresas estão a encontrar alternativas.

s ride

Uma delas é fazer parcerias com as empresas de táxis do país. Além disso, as Olímpiadas de Tóquio estão a chegar, o que irá motivar muito transporte por parte do público.

Para já a app S.Ride só funciona mesmo em Tóquio mas os parceiros possuem uma frota de mais de 10 mil carros espalhados pela cidade. A empresa JapanTaxi, por exemplo, possui mais de 60 mil carros no país inteiro.

S. Ride irá competir com a Uber no Japão

A lógica por detrás do nome 'S.Ride' representa um serviço simples, inteligente e rápido. 'Simple. Smart. Speedy.' é o slogan do serviço. Utilizadores poderão pagar através de cartão de crédito ou a S.Ride Wallet.

Esta 'carteira' digital processa pagamentos através da leitura de um código QR mostrado no tablet do banco traseiro. A Sony pretende adicionar ainda mais funções ao serviço.

Funções como expansão da inteligência artificial para prever a procura e oferta, por exemplo. A Sony terá que utilizar todos os recursos para poder rivalizar com a já estabelecida Uber.

uebnr cars

Porque é que os serviços de transporte ride-sharing foram banidos?

O Artigo 78 do Acto Transporte em Estrada japonês é a base legal para banir este tipo de serviços no Japão. Essencialmente que veículos pessoais não podem ser utilizados para serviços de transporte remunerados.

Ou seja, caso o teu veículo não esteja registado como negócio, não poderás utilizá-lo como um serviço. Existe uma excepção em caso de emergências ou em cidades pequenas onde não existam rotas de autocarros.

Por exemplo, um carro que transporte idosos para um centro de acolhimento ou de saúde seria uma das excepções. Assim sendo, o Uber e o S.Ride tem de encontrar alternativas.

dfdasejfoisdfj

Contudo, é importante salientar que este serviço deverá manter-se apenas no Japão. Para já só existe em Tóquio e certamente irá expandir-se para o resto do país mas duvido que vejamos o S.Ride fora de terras nipónicas.

Este é um investimento enorme por parte da Sony contextualizado no país de origem. Seria um desperdício a empresa tentar, por exemplo, competir com a Uber e outros serviços na Europa ou mesmo nas Américas.

Seja como for, esta é mais uma aposta improvável de uma empresa com vários negócios. A Sony fabrica smartphones, televisões e é claro, as míticas consolas PlayStation.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.