qualcomm-snapdragonO Qualcomm Snapdragon 820 acaba de ser anunciado e é o processador que todos exigíamos, especialmente depois do grande fiasco do Snapdragon 810, o malfadado processador que apesar de potente arruinou a sua imagem ao aquecer demasiado, um autêntico dragão selvagem.

Pois bem, face às adversidades causadas pelo 810 e conscientes da crescente ameaça dos Helio X10 e dos Exynos 7420, a Qualcomm empenhou-se na construção de um processador topo de gama que pudesse limpar a má imagem do antecessor e trazer a Qualcomm de volta à ribalta, o resultado, o Snapdragon 820, a nova gráfica Adreno 530 e um novo processador de imagem (ISP,que ficamos agora a conhecer.

   

A maioria das informações divulgadas durante a apresentação da Qualcomm centrou-se na sua nova gráfica e motor de processamento de imagem, ainda pouco foi dito sobre o Snapdragon 820 mas, muito em breve, teremos mais novidades sobre este SoC a 64-bits.Screen-Shot-2015-08-11-at-11.01.28-PM

Adreno 530 GPU: a nova unidade de processamento gráfico

Em primeiro lugar, os gráficos da nova Adreno 530 que fará parte do Snapdragon 820, representam uma melhoria de “40% em relação à geração anterior”. Por geração anterior entenda-se a Adreno 430 presente no Snapdragon 810, são sem dúvida melhorias significativas mas o melhor é mesmo a poupança de 40% de energia com o aumento em 40% da performance da gráfica ou GPU. Esta poupança de energia é conseguida através de uma nova configuração do fluxo de energia para os núcleos, estancando o fluxo energético sempre que possível, “um novo power gating” que colocará a GPU em hibernação sempre que possível.

Relativamente aos API’s, Application Programming Interface ou, em português, Interface de Programação de Aplicativos, a Adreno 530 suportará OpenGL ES 3.1 e o Android Extension Pack. Dependendo das plataformas, esta nova gráfica terá compatibilidade com motores mais antigos como o OpenGL 2.0 e com motores mais recentes, o OpenGL ES 3.2.

Em termos de captura e reprodução de vídeo, importa referir que o novo Snapdragon 820, e a Adreno 530 no seu interior, serão capazes de fazer output de vídeo para ecrãs com resolução 4K a 60 frames por segundo, velocidades atingidas via HDMI 2.0 ou então output de vídeo a 4K a 30fps através da rede wireless.

Novo Spectra ISP: processador de sinal de imagens

Este novo Spectra ISP, parte integrante do Snapdragon 820 permitirá capturar imagens com uma melhor qualidade, isto soa a algo muito vago e de facto a Qualcomm apenas mostrou duas imagens, uma com o antigo ISP e outra com o novo. De acordo com a marca, este novo Spectra ISP será capaz gerir e processar imagens de 3 sensores (3 câmaras ao mesmo tempo) e criar uma única cena com uma resolução máxima de 25 MP e vídeo a 30 frames por segundo na máxima resolução (4K).

Para todos os entusiastas de fotografia com dispositivos móveis, este novo Spectra ISP representa um bom incremento de qualidade, este novo motor de processamento da imagem aliado aos sensores fotográficos cada vez mais capazes tornam os smartphones uma aposta segura para a maioria das fotos e vídeos a capturar.

Concluindo, este Snapdragon 820 será construído de acordo com um novo processo da TSMC de 16 nanómetros FinFET e o novo SoC estará pronto para integrar os primeiros flagships de 2016, obviamente que em breve teremos também os novos Apple A9 e a próxima série de Exynos 7, entre outros mas este novo processador da Qualcomm afigura-se bastante promissor.

Talvez queiras ver:

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).