Smartwatch: Precisamos urgentemente de um relógio Google

Filipe Alves

Smartwatch: Precisamos urgentemente de um relógio GoogleJá há muito que se pede um relógio Google. Um smartwatch que ponha ordem na confusão de wearables que vemos no mercado. A Google continua a não trazer nada e rumores sobre tal produto já acontecem desde 2015.

Ou seja, será que é este ano que teremos um relógio Google? Será que é este ano que a empresa de Mountain View vê o seu wearOS a ser (finalmente) organizado.

Vê ainda: Smartphones: Os melhores do momento para fotografia e vídeo

As dúvidas pairam mas esta questão levou-me a fazer um vídeo (vídeo do cinema abaixo) a falar sobre a minha experiência com o WearOS da Google. Visto que sou um utilizador do Apple Watch foi até mais simples para mim ter uma ideia mais concreta daquilo que devemos esperar.

Um Relógio Google resolveria o problema e confusão do WearOS

Ainda que concorde contigo quando dizes que o design do Apple Watch podia ser melhor, porém, o WatchOS - sistema operativo do Apple Watch - está bem acima daquilo que a Google consegue oferecer com o WearOS.

Vídeo em que olhamos para o WearOS

Por isso é que acredito que um relógio Google precisa mesmo de aparecer no mercado. A Google melhorou significativamente o software depois de começar a fabricar os Pixel. A empresa de Mountain View começa agora a implemente o (há muito pedido) Dark Mode no sistema porque as baterias do Pixel não são as melhores.

Ou seja, o software vai mudar consoante a empresa americana não vê soluções com o hardware. Até ao momento, sem o relógio Google, a fabricante manda o sistema para a rua e deseja boa sorte a todos que o queiram utilizar.

Com um relógio Google as coisas seriam diferentes. Se tivéssemos um "Pixel Watch", a empresa americana tinha de retificar problemas que são óbvios. A fraca bateria dos relógios com WearOS (mesmo com o novo processador Qualcomm Snapdragon 3100). A quantidade ENORME de swipes que tens de aprender e a falta de integração decente com o hardware.

Botões com pouca finalidade no WearOS porque não há ninguém que lhes dê rumo!

O Apple Watch tem dois botões. Um para aceder ao menu e fazer scroll (coroa) e um para multitarefas e Apple Pay. Por sua vez, o relógio que experimentei tem 3 botões. Um deles para o Menu, outro para o Google Fit e o último que abre "categorias". Para quê? Pior ainda, tenho de escrever e criar a categoria num teclado qwerty dentro do pequeno ecrã do relógio! Estamos em 2014 ou 2019? Os fabricantes estão sem rumo e quem fabrica o sistema operativo é que deveria mostrar o caminho.

Um relógio Google resolveria este problema. O WearOs dá demasiadas funcionalidades pouco úteis e acredito que se a Google fabricasse o seu smartwatch facilmente observaria este problema.

Editores 4gnews recomendam:

Apple: iPhones de 2019 deverão ter novas possibilidade muito solicitadas

Privacidade? Parece que essa palavra não existiu em 2018!

Qualcomm Snapdragon 855 mostra novamente todo o seu poder

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.