Smartphones Samsung Galaxy S22 são os primeiros a estrear esta tecnologia

Rui Bacelar
Comentar

A atual gama de smartphones Galaxy S22 é composta pelos modelos Samsung Galaxy S22, Galaxy S22+ (Plus), bem como pelo modelo de topo, o Galaxy S22 Ultra. Agora, estes smartphones tornam-se nos primeiros a receber a tecnologia de Voice Over 5G (Vo5G), a iteração da tecnologia VoLTE em 4G.

A estreia ocorre agora na nação árabe do Kuwait, nação onde uma das suas operadoras de telecomunicações lançou o novo serviço de comunicações por voz Vo5G, o voice over 5G. É o mais recente padrão de comunicação sem-fios via 5G, de alta velocidade, para smartphones e dispositivos IoT.

Voice over 5G estreia-se na gama de smartphones Samsung Galaxy S22

Samsung Galaxy S22

Agora que a quinta geração de redes móveis (o 5G) começa a ser uma visão comum, lá fora e também em Portugal (com algumas reservas), o mesmo não pode ser dito das chamadas de voz através do 5G. Aliás, esta tecnologia estreia agora no Médio Oriente com a gama Galaxy S22 graças à operadora Zain, a operar no Kuwait.

As informações foram avançadas pela publicação Telecompaper, apontando a exclusividade do serviço. Com efeito, de momento apenas os telemóveis da gama Galaxy S22 podem tirar partido do novo padrão, mas gradualmente chegará a outros dispositivos equipados com suporte para 5G.

Vo5G é a evolução do padrão VoLTE (4G)

VoLTE: "voice over LTE", ou "chamadas pelo 4G"São chamadas de voz de alta qualidade. Quando o VoLTE não tá ativado/liberado, o sinal do celular cai pro 2G ou pro 3G quando faz e recebe ligação. Por isso ele demora começar a chamar e a internet falha logo depois da chamada

— gabriel (@KaizerGabriel) 5 de maio de 2022

O novo padrão 5G traz várias melhorias para a qualidade das chamadas de áudio e vídeo, bem como novos serviços de comunicação por voz. Mais concretamente, torna possível fazer chamadas de voz através dos serviços de dados móveis em 5G.

Ainda de acordo com a operadora Zain, o lançamento do serviço ocorreu após vários meses de testes para determinar o estado de prontidão da rede. Assim, com a infraestrutura técnica preparada, a operadora disponibilizou o serviço em todo o seu território.

Por fim, resta saber quando é que este mesmo padrão de comunicações será implementado na Europa e, a seu tempo, também em Portugal.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com