Estes são os smartphones mais ‘falsificados’ de 2019. Samsung e Apple lideram

Bruno Coelho
Comentar

A lista é revelada pela plataforma de testes (benchmark) chinesa Master Lu. Esta dá conta dos smartphones mais vezes foram contrafeitos (vulgo, falsificados) durante o ano de 2019.

A Samsung lidera esta lista, sendo a fabricante que mais foi afetada por contrafação. 28.7% dos modelos falsificados são da fabricante sul-coreana, sendo o Samsung W2018 o modelo mais contrafeito, já que foi detetado como falso 4688 vezes.

Samsung W2018
Samsung W2018 é o smartphone que mais sofreu com contrafação no último ano

O top 10 (número de vezes que foram detetados modelos falsos):

  1. Samsung W2018 (4688)
  2. Apple iPhone 8 (4445)
  3. Apple iPhone XS Max (2499)
  4. Apple iPhone X (2130)
  5. Samsung W2019 (2126)
  6. Samsung Galaxy S8+ (684)
  7. Xiaomi Mi Max (613)
  8. Xiaomi Mi 9 (463)
  9. Oppo R11+ (426)
  10. OnePlus 7 Pro (407)

A verdade é que o modelo mais ‘falsificado’, o Samsung W2018, pode surpreender os leitores ocidentais. No entanto, este é um smartphone em formato concha bastante popular na China.

iPhone 8 é o modelo mais falsificado da Apple

Bem perto deste, está o iPhone 8, que foi falsificado 4446 vezes. A fechar o pódio, está outro modelo da Apple – o iPhone XS Max, que foi falsificado 2499 vezes. Ainda nesta tabela encontramos modelos como o Xiaomi Mi 9 e o OnePlus 7 Pro, topos de gama lançados durante 2019.

Estes números são baseados num total de 6.639.704 smartphones testados com a app de benchmark da Master Lu. Destes, 57.790 unidades revelaram ser falsas. 28.7% destes modelos pertencem à Samsung, sendo 15.88% da Apple.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.