Xiaomi Gartner Android Oreo lista Samsung Galaxy S9 minerar Criptomoedas
Segundo esta agência de análise e estudo de mercado, ambas as fabricantes lideraram as tabelas.

O volátil mercado mundial de dispositivos móveis é dominado por dois sistema operativos, o Android da Google e o iOS, da Apple. Agora, a agência Gartner publicou os resultados consolidados do comportamento deste mercado durante o último trimestre (4º) de 2017. Dois nomes / duas marcas se destacariam sobre os demais. Xiaomi e Samsung.

Segundo os dados da agência Gartner, o mercado mundial de smartphones registou 408 milhões de unidades vendidas durante a quadra natalícia e todo o 4º trimestre de 2017. Durante esse período, comparativamente com o mesmo trimestre de 2016 (432 milhões de unidades vendidas), assistimos a uma queda de 5.6% no volume de vendas. Pela primeira vez, desde 2004, o mercado de dispositivos móveis contraiu.

Vê ainda: 22 aplicações gratuitas na Google Play Store para o teu Android

Para além do relatório trimestral, a Gartner publicou também o seu relatório anual. Com efeito, desde que a Gartner começou a analisar este mercado em 2004 foi a primeira vez em que o mercado de dispositivos móveis caiu. Uma contração considerável, 5.6% face aos valores de 2016.

Segundo a Gartner, olhando para o panorama global, Samsung manteve a liderança com os seus dispositivos Android. Todavia, no último trimestre de 2017 a Samsung sofreu uma quebra de 3.6% nas vendas face aos valores de 2016. Em segundo lugar a Apple manteve a sua posição firme. Registou uma quota de mercado de 17.9% face aos 18.2% da Samsung neste mercado de dispositivos móveis.

Samsung domina, Apple estável e Xiaomi cresce – Gartner

Em terceiro lugar veio a Huawei com os seus dispositivos Android. Seguida de perto pela Xiaomi e pela Oppo. Três marcas chinesas que dominam o seu país natal. Em suma, o Top 5 das principais fabricantes mundiais conta com 3 empresas chinesas, uma sul-coreana e a norte-americana Apple. Mais ainda, a Huawei e a Xiaomi seriam as únicas construtoras a registar um crescimento no último trimestre de 2017. Particularmente excepcional foi a Xiaomi que, com os seus dispositivos Android, conseguiria um crescimento de 79% comparativamente com o 4º trimestre de 2016.

O estado do mercado (Android e iOS) em 2017 segundo a Gartner

A Gartner atribui a contração do mercado, especialmente no setor Android, à falta de qualidade nos dispositivos (smartphones) muito baratos. Foi neste segmento de smartphones Android económicos que praticamente todas as fabricantes caíram. Foi neste mesmo segmento que a Xiaomi cresceu a um ritmo impressionante. Os consumidores “preferem modelos de qualidade e mantêm os seus produtos durante mais tempo”.

Xiaomi cresce, Samsung também. Assim está o mercado Android

Olhando agora para o relatório anual da Gartner, vemos um magro crescimento da Samsung durante o ano de 2017. A gigante sul-coreana melhorou a sua quota de 20.5% em 2016 para 20.9% em 2017. Desta forma, a Samsung manteve a sua posição dominante.

Já olhando para os números da Xiaomi chegamos à conclusão de que a marca chinesa não atingiu o Top 5 de maiores fabricantes mundiais. Isto no que ao volume de vendas anuais diz respeito. Mesmo assim, a Xiaomi foi a marca que mais cresceu durante todo o ano de 2017 no mercado dos dispositivos móveis.

Já anteriormente vimos outros relatórios e estudos de mercado de outras empresas. Desde a IDC, a Kantar, a Canalys, etc. São dados que nos ajudam a perceber o estado atual deste mercado. Qual o sistema em maior crescimento. Qual a marca que melhor se tem saído, entre várias outras informações.

Por último, note-se que as diferentes agências utilizam indicadores diferentes para apurar as suas conclusões. Por isso mesmo, temos uma IDC a apontar o 1º lugar para a Apple no último trimestre de 2017 ao passo que a Gartner mantém a Samsung na posição cimeira Diferentes agências, diferentes conclusões.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei P20 e Huawei P20 Plus começam finalmente a fazer sentido!

Samsung Galaxy S9. Preço do smartphone Android na Europa

Xiaomi Redmi Note 5 Pro. 300 mil unidades vendidas em 3 minutos

Fonte | Via 

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).