Samsung poderá lançar versão Mini do Galaxy S9

Gonçalo Pereira
Samsung Galaxy S9 Plus

Passada a fase de lua de mel dos novos Samsung Galaxy S9, um bocado por culpa dos TechUntalked 2: As raízes das Assistentes Virtuais no Podcast da 4gnews

Ironicamente e por oposição à Sony, quem começou todo o trend por smartphones grandes foi exactamente a Samsung, seguindo todos os Galaxy S, até hoje, a filosofia de cada vez maior. Contudo, desta vez é a própria Samsung que parece estar a trabalhar em acompanhar a Sony e trazer-nos um modelo mais compacto dos seus novos topo de gama.

Samsung Galaxy S9 mini contraria filosofia dos equipamentos cada vez maiores

Pessoalmente, percebo a necessidade que algumas pessoas possam ter por um smartphone mais pequeno, como já nos provou o iPhone SE. Contudo, não é um tipo de formato que me fascine, até bem pelo contrário. Num mundo em que cada vez menos falamos ao telefone, mas que usamos mais os nossos smartphones para multimedia, fotografia e redes sociais, talvez faça mesmo menos sentido diminuir o tamanho dos nossos ecrãs e smartphones.

iPhone Se continua a dar o exemplo no segmento dos smartphones mais pequenos

Por outro lado, uma consequência dos smartphones mais pequenos é também a limitação de algumas das suas especificações, até porque a bateria não deverá ter a mesma capacidade que a versão maior. Da mesma maneira, ecrãs com menos resolução, menos memória RAM e processadores menos potentes são na maioria dos casos as consequências do tamanho mais pequeno, quer seja pelo espaço físico (ou falta dele) mas também do preço, que por norma é menor nestes modelos mais pequenos.

Neste sentido vem ainda mais um detalhe deste rumor, a quem devemos agradecer ao utilizador do Twitter @MMDDJ_. Este, para além de referir a possível existência deste modelo Samsung Galaxy S9 mini, menciona que este poderá vir equipado com o Snapdragon 670, da qual existência é por sua vez também um rumor.

Apesar de tudo isto, eu continuo a questionar o princípio dos smartphones mais pequenos. Se de certa maneira este já conhecido utilizador do Twitter refere que poderá ser um exclusivo do mercado Chinês, eu questiono o sucesso deste tipo de smartphone nos mercados asiáticos. Estes tendem a favorecer os equipamentos maiores, assim como a necessidade de ver a expansão deste equipamento para outros mercados, como o Português.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei Honor 7A, com Android Oreo, agora em novas imagens

OPPO, “irmã” da OnePlus dificilmente entrará nos EUA devido à Huawei

Xiaomi Redmi Note 5 começa a receber a versão estável da MIUI 9.5

Fonte