Samsung usará Inteligência Artificial para superar problemas na câmara embutida no ecrã

Carlos Oliveira
Comentar

O grande objetivo do mercado mobile passa por fazer das câmaras embutidas no ecrã uma visão comum. Esta tecnologia é atualmente um dos grandes desejos deste mercado, porém, ainda não nos oferece os resultados desejados.

A Samsung é uma das empresas que trabalha arduamente no desenvolvimento desta tecnologia. Deparando-se com vários desafios, a sul-coreana tem já delineadas duas estratégias para ultrapassar esses problemas, uma delas passando pelo recurso à Inteligência Artificial.

Samsung falará sobre as câmaras embutidas no ecrã este mês

Entre os próximo dias 18 e 28 de janeiro, acontecerá a conferência Electronic Imaging 2021, na qual é esperada a presença da Samsung. Um dos focos da sul-coreana neste evento será as câmaras embutidas no ecrã e onde a empresa revelará dois estudos feitos no âmbito dessa tecnologia.

Um desses estudos mostrar-nos-á como a Samsung irá recorrer à Inteligência Artificial para ultrapassar alguns dos problemas inerentes à câmara embutida no ecrã. Espera-se que esse documento revele as soluções encontradas pela empresa coreana para apressar a democratização desta tecnologia.

O segundo documento que se espera ver revelado pela Samsung, detalhará um método baseado em física com o mesmo propósito. Este, pelo pouco que se sabe atualmente, deverá usar a compensação de difração para atingir os resultados desejados.

Câmara embutida no ecrã ainda não está madura o suficiente para a Samsung

Estes estudos surgem na sequência da crença da Samsung de que esta tecnologia ainda não está pronta para o mercado. Segundo a empresa sul-coreana, as câmaras embutidas no ecrã ainda não estão maduras o suficiente para os seus equipamentos.

Algumas fontes informam o desejo da Samsung de lançar esta tecnologia no Samsung Galaxy Note 21. Outras, por seu turno, apontam o Galaxy Z Fold 3 como o primeiro modelo da sul-coreana com uma câmara embutida no ecrã.

Embora esta tecnologia ainda não cumpra com os requisitos da Samsung, a marca vê um mercado impaciente. A tecnológica considera que os utilizadores estão desejosos para o lançamento de uma câmara embutida no ecrã e isso faz com que ela queira ser o mais célere possível a satisfazer esse desejo.

Editores 4gnews recomendam:

  • Samsung Galaxy S21 com Exynos 2100 é muito superior à variante com Snapdragon 888
  • Samsung Galaxy S21 serão revelados em evento online dentro de duas semanas
  • Samsung Galaxy SmartTag aparece em imagens reais e confirma todos os rumores
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.