Samsung: Smartphone dobrável só chegará ao mercado em 2019

Carlos Oliveira
Samsung smartphone
Um smartphone dobrável da Samsung? Só em 2019, pelo menos. ©reuters

Há muito tempo que o mercado espera por um smartphone dobrável. A Samsung é apenas uma das empresas que vê futuro neste tipo de dispositivos. O seu desenvolvimento dura já há alguns anos, mas até hoje ainda não temos qualquer produto no mercado.

O mercado tecnológico, e os seus utilizadores, estão sempre na expectativa de encontrar a nova tendência. Aquele factor que dará ao mercado uma volta de 360º. Neste momento, os equipamentos dobráveis parecem ser aquilo pelo qual tanto se espera.

Vê ainda: Huawei está a desenvolver uma Assistente Virtual ciente das tuas emoções

Contudo, temos de ter em linha de conta as condicionantes inerentes a um gadget do género. Não basta ter um ecrã flexível, pois esses já existem e a Samsung possui os melhores do mercado. É necessário que toda a estrutura do smartphone seja também ela maneável.

Um smartphone dobrável tem muitas condicionantes

Lembra-te que existe todo um conjunto de hardware no interior do equipamento que o permite funcionar conforme pretendes. Temos a motherboard, o processador, a bateria e demais componentes essenciais.

Com efeito, para atingir-mos aquilo que se pretende há também um processo de desenvolvimento inerente a estes componentes. Criar um smartphone com dobradiças poderia ser o caminho mais rápido, mas certamente não o mais elegante.

No que respeita à Samsung, a marca já nos havia prometido a chegada deste equipamento no inicio do ano. Fevereiro chegou a ser o mês apontado para a eventual chegada deste gadget ao mercado. Algo que, obviamente, não se concretizou.

Ecrã OLED dobrável futuro smartphones
A Samsung é uma das fabricantes que estará a desenvolver um smartphone com ecrã dobrável.

Assim sendo, impera a dúvida sobre quando é que o veremos no mercado. Para dar resposta a tal, temos agora um relatório vindo da cadeia de fornecedores a afirmar que este smartphone da Samsung só chegará em 2019. Talvez logo no início do ano, juntamente com o Galaxy S10.

Importa salientar que, por esta altura, a Samsung ainda não terá sequer terminado o design do smartphone. Existem várias patentes da empresa a dar-nos pistas de como poderá ser este equipamento. Todavia, nem a própria se terá decidido.

O mais consensual parece ser a forma como ele dobrará. Deverá ser para dentro, por forma a aumentar consideravelmente a sua durabilidade. A dobrar para fora, com um ecrã sempre visível poderá, eventualmente, chegar ao mercado. Mas não será no futuro próximo.

A Samsung tem várias possibilidades em cima da mesa

De acordo com o reportado esta semana pelo The Bell, este smartphone não será maior do que o Samsung Galaxy Note 8. O mesmo será composto por três ecrãs, sendo um deles ficará sempre do lado de fora.

Este ficará encarregue de nos mostrar pequenas informações. Algo que podemos comparar com o propósito do Always on Display que a própria empresa aplica. Mostrar notificações e outras informações relevantes, sem a necessidade de o utilizador despertar o ecrã do smartphone.

A demanda pela chegada deste tipo de equipamento ao mercado continua. Ainda não se perspectiva tal para o futuro próximo. Já foi dito que a Huawei poderá antecipar-se à sul-coreana, mas lá está, quando é que tal acontecerá efetivamente?

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi – Lei Jun desvendou qual a receita para o sucesso da empresa

LG G7 ThinQ terá botão dedicado à Google Assistant

Microsoft trará Dark Mode ao Explorador de Ficheiros do Windows 10

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.