Samsung Galaxy S7

Se olharmos bem para os acontecimentos dos últimos anos notamos que a Samsung tem vindo a trilhar um caminho em direção à sua própria independência. No campo do software, a empresa Sul-Coreana lançou, em 2012, o Tizen, a sua alternativa ao Android.

Vê também: Samsung Galaxy S7 edge explode no bolso de utilizador e deixa-lhe com queimaduras de 2º e 3º grau

   

Já em 2015, a Samsung lançou pela primeira vez um dos seus topos de gama com o seu próprio processador, o Exynos 7420, mas desta feita um pouco forçada pelos problemas de sobreaquecimento que assombram o Snapdragon 810. A verdade é que o sucesso do seu Exynos 7420 foi tanto que, um ano mais tarde, a Samsung repete a proeza e volta a lançar um novo equipamento com um processador Exynos, porém acompanhado por uma outra versão com um processador Snapdragon 820.

Agora surgem notícias de que a Samsung estará em conversações com a AMD e Nvidia para o desenvolvimento de gráficas para os seus processadores Exynos. Atualmente os processadores próprios da Samsung utilizam gráficas da Mali, mas convenhamos que, dada a fama destas construtoras no mundo gráfico, um GPU desenvolvido por uma delas iria causar um maior impacto e, até quem sabe, um melhor desempenho nos produtos da Samsung.


Por outro lado, rumores afirmam que a Samsung continuará a utilizar GPU´s da Mali em 2017, porém com arquitetura HSA. Esta arquitetura permite que tanto o CPU como o GPU partilhem o mesmo bus, tornando assim a velocidade das suas tarefas bem mais rápidas.

Já para o ano de 2018, acredita-se que a Samsung tenha um GPU fabricado pela AMD ou Nvidia ou até mesmo quem sabe o seu próprio motor gráfico. Esse poderá vir a ser um ano marcante para a marca Sul-Coreana, pois se tudo correr como o esperado o futuro Galaxy S9 pode vir a ser apresentado apenas com um processador Exynos, libertando-se de vez do hardware da Qualcomm.

Todas estas informações são apenas rumores, não havendo ainda provas concretas de que a Samsung esteja a levar a cabo qualquer uma destas mudanças no seu hardware. A confirmarem-se, acabam por ser novidades que certamente mudarão muita coisa no mundo mobile.

Talvez queiras ver:

Fontesammobile
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.