Samsung quer ir ainda mais além nos smarphones dobráveis. Sabe como

Bruno Coelho
Comentar

Esta terça-feira a Samsung revelou oficialmente o Galaxy Z Flip. Este é o seu segundo smartphone dobrável, que desta vez se apresenta com um design em formato concha.

Depois de há um ano ter lançado o Galaxy Fold, e ter tido bastantes problemas de resistência com este antes de o poder colocar no mercado, a fabricante parece ter aprendido com os erros. A julgar pelo que foi apresentado, este será um dispositivo mais robusto, resistente e o ecrã é agora em vidro.

O novo
O novo Samsung Galaxy Z Flip

Numa conferência de imprensa dada pelo chefe da divisão mobile da Samsung, Roh Tae-moon, este afirmou que a empresa tem capacidade para ir mais além do que conseguiu com o Fold e com o Z Flip.

“Tecnologicamente, nós somos capazes de desenhar telemóveis que se dobram ainda mais vezes. Mas o que é mais importante que a tecnologia de dobragem, é o tipo de valor que pode oferecer aos consumidores”, afirmou Tae-moon.

É bom recordar que no passado a Samsung já registou patentes para dispositivos que se dobram mais que uma vez. À data, os especialistas do site Let’s Go Digital desenharam mesmo um conceito que fazia por materializar as ideias que a Samsung podia ter em mente.

Conceito
Conceito baseado em patente da Samsung para um futuro smartphone dobrável

Para a Samsung, o essencial é agora “ter um ecossistema para conteúdo suficiente e serviços, antes de lançar mais variantes de dobráveis”. Dispositivos como o da patente acima poderão chegar num futuro não muito distante, mas apenas quando a Samsung lhes encontrar “valor” para os consumidores.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.