Samsung prepara uma excelente mudança nas câmaras dos seus Galaxy A

Carlos Oliveira
Comentar

A Samsung é a líder do mercado de smartphones em muito devido aos seus modelos mais baratos da linha Galaxy A. Devido a essa popularidade, tudo indica que a sul-coreana prepara uma mudança salutar na câmara destes dispositivos.

Samsung vai abolir o sensor de profundidade dos smartphones Galaxy A

Segundo avança a publicação The Elec, a Samsung vai desfazer-se dos sensores de profundidade comummente encontrados nos equipamentos de gama baixa. A começar já em 2023, os mais populares modelos da linha Galaxy A terão menos uma câmara na sua traseira.

Samsung Galaxy A

Os primeiros modelos a beneficiar desta mudança estratégica serão os Galaxy A24, Galaxy A34 e Galaxy A54. Estes modelos deverão chegar ao mercado apenas com três sensores, ao invés das habituais quatro lentes.

O objetivo da Samsung com esta mudança é focar-se na qualidade e não na quantidade. Assim, a tecnológica sul-coreana irá canalizar esforços para o desenvolvimento de melhores sensores para alguns dos seus dispositivos mais populares.

Com efeito, é já especulado que o Galaxy A24 chegue ao mercado com uma lente principal de 50 MP, grande angular de 8 MP e uma macro de 5 MP. Já o Galaxy A34 terá direito a um sensor de 48 MP, um grande angular de 8 MP e macro de 5MP.

Por fim, o Galaxy A54 terá um sensor principal de 50 MP, grande angular de 5 MP e um macro de 5MP. Esta é já a configuração avançada para o modelo habitualmente mais vendido de todo o portefólio de dispositivos móveis da Samsung.

Acredito que o desaparecimento dos sensores de profundidade não irá deixar saudade nos utilizadores dos produtos da Samsung. Afinal de contas, estes são muitas vezes encarados como inúteis em muito devido à sua fraca resolução.

O sensor de profundidade é muitas vezes direcionado para o apoio à fotografia em modo retrato para melhor desfoque do cenário. Contudo, já foi mostrado que o software consegue muitas vezes produzir melhores resultados que este hardware.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.