Samsung poderá cancelar este smartphone de gama média

Carlos Oliveira
Comentar

A Samsung é líder mundial do mercado de smartphones muito devido ao seu desempenho no segmento de gama média. Com efeito, são os modelos da linha Galaxy A aqueles que anualmente mais vendas registam em todo o portefólio da sul-coreana.

Para 2023, a Samsung poderá ter descartado o modelo mais premium desta gama de smartphones. Isto significa que o Galaxy A74 poderá não ser revelado no decorrer do próximo ano.

Samsung Galaxy A74 revela-se uma ausência muito notada

A tese do possível cancelamento do Samsung Galaxy A74 é avançada pela publicação GalaxyClub. Tal é fundamentado pela ausência de informações acerca deste modelo de gama média/alta.

Samsung Galaxy A74

A fonte sublinha o facto de, por esta altura, não termos nenhuma alusão ao Galaxy A74. Nenhuma fuga de informação, nenhuma passagem por alguma plataforma de benchmarks, nem sequer um vislumbre do seu firmware.

Atualmente, o Galaxy A74 é um fantasma e isso leva a que a publicação afeta aos desígnios da Samsung augure o cancelamento deste modelo. No entanto, é importante notar que não se trata de uma informação oficial.

Os Galaxy A7x são os modelos de gama média da Samsung que mais próximo se posicionam dos topos de gama da empresa. São habitualmente pautados pela presença de bons ecrãs, câmaras decentes e processadores que deixam um pouco a desejar.

O valor que estes modelos oferecem face aos irmãos da linha Galaxy A5x não valem, muitas vezes, a diferença de preço. Talvez por isso colham uma menor preferência junto dos utilizadores que, logicamente, ditam números de vendas inferiores.

Em contraponto, existem já vários dados que nos oferecem informações prévias acerca de modelos de gama média, como os Galaxy A54 ou Galaxy A14. O primeiro poderá ser, uma vez mais, o mais bem-sucedido modelo da sul-coreana em 2023.

Devemos agora aguardar por mais informações que possam esclarecer o futuro do Galaxy A74. A Samsung ainda não fez nenhum comentário acerca deste equipamento, portanto, aconselhamos cautela com as informações que circulam nos meios tradicionais.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.