Samsung não vai aumentar preços iniciais do Galaxy S23

Mónica Marques
Comentar

Ao que tudo indica, a Samsung já definiu a sua estratégia de preços para a nova série Galaxy S23 e as notícias não podiam ser melhores para os utilizadores.

A gigante sul-coreana não vai aumentar os preços iniciais dos seus novos topos de gama, optando antes por competir com a sua rival Apple no campo do desempenho.

Série Galaxy S23 mantém preços da geração anterior

Samsung Galaxy S22 Ultra
De acordo com os rumores, o Galaxy S23 Ultra terá um sensor primário com 200 megapixéis de resolução Crédito@Samsung

Recentemente, várias notícias deram conta de que a Samsung não vai atingir a meta pretendida de 30 milhões de unidades vendidas da série Galaxy S22 antes da chegada dos novos topos de gama Galaxy S23.

Rapidamente, vários analistas avançaram que a gigante sul-coreana deveria optar por aumentar os preços da nova série premium para fazer frente à sua rival Apple. Mas agora novas notícias avançam que a Samsung tem já uma estratégia definida que não passa pelo aumento dos preços iniciais da nova série.

Estas são as melhores notícias que os fãs da marca podiam receber neste início de ano e a pouco mais de um mês do lançamento da nova série.

Ao que tudo indica, a Samsung receia que um aumento do preço final de venda ao público dos novos smartphones afaste uma boa quota de potenciais compradores. Por essa razão, já definiu uma estratégia para fazer frente à sua rival Apple e também às marcas chinesas de smartphones que têm vindo a crescer significativamente neste mercado.

Nova estratégia da Samsung concentra-se em melhorar o desempenho e a experiência de utilizador

Assim, de acordo com rumores agora divulgados, a Samsung vai concentrar os seus esforços em melhorar o desempenho e a experiência de utilizador para ser mais competitiva. Alguns analistas de mercado acreditam que a Samsung pretende igualar o desempenho dos smartphones Apple para reconquistar a confiança dos utilizadores.

E já foi dado um passo para cumprir a nova estratégia. A série Galaxy S23 será disponibilizada em todo o mundo com o processador Snapdragon 8 Gen 2 da Qualcomm. Mas não será o mesmo chip presente em modelos de outras marcas. A nova série premium da gigante sul-coreana terá uma versão personalizada do processador que opera numa frequência mais elevada.

O resultado, espera-se, é um aumento significativo não só no desempenho como também na eficiência energética. Estes dois fatores podem tornar a nova família Galaxy S23 num rival sério do iPhone 14. Especialmente tendo em conta que os modelos iPhone 14 e 14 Plus contam ainda com o chip mais antigo da Apple enquanto todos os modelos da série Galaxy S23 vão ter direito à versão personalizada do processador Qualcomm.

Mais: a série Galaxy S23 será lançada em fevereiro de 2023 enquanto o iPhone 15 só chegará em setembro deste ano. Tal dá seis meses à Samsung para reconquistar a confiança dos utilizadores no segmento premium de smartphones.

Depois do lançamento da nova geração do iPhone 15, o mercado poderá mexer novamente. Afinal, os modelos Pro da Apple vão chegar com o novo chip A17 Bionic, baseado já no processo de 3 nm da TSMC. Claro que os preços vão ser elevados, mas a ver pelo exemplo do iPhone 14 Pro Max, este fator não impede que a Apple tenha sucesso nas vendas.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. Email:monicamarques@4gnews.pt