Samsung Galaxy S9 abertura variável mercado
A fabricante sul-coreana promete agora fazer frente à fabricante japonesa ©Engadget

É a atual líder na produção de chips de memória DRAM e armazenamento NAND para os dispositivos móveis. Agora, a Samsung volta as suas atenções para o mercado dos sensores fotográficos. Mercado este que tem sido dominado pela construtura japonesa, a Sony.

Segundo a imprensa internacional, a Samsung tem em vista destronar a Sony para se tornar na líder neste segmento de mercado. Os sensores fotográficos / imagem. Para tal a tecnológica sul-coreana vai investir em novas fábricas, linhas de produção e desenvolvimento de novos sensores de imagem.

Vê ainda: Google Play Store. 25 Apps gratuitas por tempo limitado

A Samsung visa suprir a crescente procura pelos sensores de imagem para dispositivos móveis, algo fulcral em todo e qualquer smartphone. Mais ainda, começam também a ser utilizados pela indústria automóvel. A empresa prevê ainda que os sensores de imagens serão muito utilizados nos veículos autónomos.

As engrenagens já terão começado a girar com a Samsung a ordenar a conversão de outra das suas linhas de produção em Hwasung na Coreia do Sul. Passará a produzir sensores de imagem quando até agora se dedicada à produção dos módulos de memória DRAM para dispositivos móveis.

Samsung quer agarrar o maior mercado da Sony

O processo de conversão de uma das linhas de produção no complexo de produção ou fábrica de Hwasung já terá começado no ano passado. Agora, a rival da Sony estima que o processo de conversão estará finalizado até ao final deste ano. A partir daí terá mais um frente, mais uma linha para começar a fazer uma séria concorrência à Sony que até agora desfruta de uma posição confortável. Para além dos seus sensores ISOCELL, a sul-coreana quer suplantar a Sony com novas ofertas e novas linhas de sensores de imagem.

Sony Samsung Galaxy S9 Plus Android iFixit 1 mercado
A Sony terá uma nova rival no seu segmento de mercado mais forte, a produção de sensores de imagem.

As fontes sul-coreanas afirmam ainda que, logo que estiver terminado o processo de conversão, a Samsung transformará uma segunda linha de produção. Desta forma, desviando alguns recursos da produção de memórias RAM e NAND para produzirem mais sensores de imagem.

Sony é a atual líder no mercado dos sensores de imagem

Com a conversão da primeira linha de produção, a nova rival da Sony será capaz de produzir 50 mil unidades de sensores de imagem. Todavia, logo que a segunda linha de produção esteja convertida a Samsung será capaz de debitar um total de 120 mil unidades de sensores de imagem por mês.

Neste momento a Sony é a líder mundial no mercado dos sensores de imagem. Conta com uma quota de mercado superior a 50%, sendo um dos seus setores mais lucrativos. Apesar de a fabricante japonesa não revelar números específicos. As estimativas de mercado apontam para cerca de 100 mil sensores de imagem produzidos por mês. Desta forma, a Samsung poderia ultrapassar a Sony no volume de sensores produzidos mensalmente.

Em 2015 a Sony anunciaria um investimento de 4 mil milhões de dólares. Isto para aumentar a sua produção de sensores de imagem e consolidar a liderança. Agora, terá que enfrentar uma Samsung bastante motivada.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei P20 promete ser capaz de superar uma câmara DSLR

Samsung sofre forte revés no stock de memória por falta de eletricidade

Android Oreo chega aos Samsung Galaxy S8 e S8+ em Portugal

Fonte | Via 

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).