Samsung justifica a remoção do jack de 3.5mm no Galaxy Note 10

Carlos Oliveira
Comentar

A Samsung apresentou oficialmente os Galaxy Note 10 e Note 10 Plus. Os smartphones são exatamente aquilo que todos esperavam e a remoção do jack de 3.5mm não poderia passar despercebida.

Com isso em mente, a Samsung já veio justificar esta medida. Um representante da tecnológica afirmou, perante o The Verge, que tal se deve a dois pontos:

  • Incorporação de uma bateria maior
  • Melhorar o haptic feeback do Galaxy Note 10

Galaxy Note 10

Uma bateria maior em detrimento do jack de 3.5mm

Esta justificação já havia sido mencionada anteriormente como uma possível desculpa para a remoção do jack áudio de 3.5mm. Agora que o Samsung Galaxy Note 10 é oficial, a tecnológica usa essa carta.

Segundo a Samsung, com a remoção desta entrada foi possível incluir uma bateria cerca de 100mAh maior. Estamos a falar num aumento de 2% a 3% face ao que seria possível alcançar no caso de se manter o jack.

Já a aprimoração do haptic feeback tem que ver com a inexistência da concavidade criada por esta entrada no interior do smartphone. No entanto, esta desculpa parece um pouco descabida pelo facto de existir outra concavidade no Galaxy Note 10 para o alojamento da S Pen.

Samsung junta-se assim à Apple e outras gigantes do mercado

A Apple foi a primeira a remover o jack de 3.5mm dos seus topos de gama, em 2016. Desde então, essa suposta decisão corajosa tem sido alvo de troça de algumas concorrentes, nomeadamente a Samsung.

Importa relembrar este mítico vídeo da Samsung onde a empresa faz troça da Apple. O assunto abordado foi a remoção do jack 3.5mm, mais concretamente uma vida onde os dongles são uma constante.

Pois bem, três anos depois, a Samsung junta-se a esse leque de empresas. Ela própria passará a comercializar um dongle USB-C para 3.5mm, para que seja possível usar antigos earphones com o seu mais recente topo de gama.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.