Samsung Galaxy Watch 5 recebe este recurso com nova atualização em Portugal

Mónica Marques
Comentar

No ano passado, uma das grandes novidades do Samsung Galaxy Watch 5 era o sensor infravermelho capaz de medir a temperatura da pele.

Agora, este sensor ganhou a capacidade de fazer o rastreamento do ciclo menstrual, graças a uma nova atualização já disponível em alguns países da Europa, nos quais está incluído Portugal.

Novo recurso do Samsung Galaxy Watch 5 está disponível em Portugal

Imagem do Samsung Galaxy Watch 5
O Samsung Galaxy Watch 5 está disponível em Portugal a partir de 229,90 euros Crédito@Samsung

O Galaxy Watch 5 chegou em agosto do ano passado, trazendo consigo um sensor infravermelho com capacidade para fazer a medição da temperatura da pele. Mas agora a Samsung quer rentabilizar este sensor e acaba de lhe dar mais um recurso.

Graças a uma nova atualização, o smartwatch da Samsung é agora capaz de fazer o rastreamento do ciclo menstrual. Para já, esta atualização está disponível em apenas alguns países.

Na Europa, os felizes contemplados são Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, República Checa, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Polónia, Roménia, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido. A estes acrescente-se ainda Coreia do Sul e Estados Unidos da América.

Rastreamento do ciclo menstrual é agora automático no Galaxy Watch 5

A nova atualização que dá acesso a este rastreamento do ciclo menstrual pode ser obtida através da aplicação Samsung Health.

O Galaxy Watch 5 já monitorizava a saúde feminina, mas de forma manual. A utilizadora tinha de solicitar ao smartwatch a medição da temperatura corporal basal imediatamente quando acordava. Tal levava a que este pedido fosse esquecido a maior parte das vezes.

Com esta atualização, o sensor infravermelho consegue fazê-lo de forma automática. Até porque já funciona para medir a temperatura da pele, durante o período de sono da utilizadora.

A geração 5 do smartwatch da Samsung é também capaz de fazer o rastreamento da ovulação e prever o início da menstruação seguinte. De acordo com a gigante sul-coreana, estes dados privados são encriptados e armazenados, com a máxima segurança, no próprio dispositivo.

Mas para que as utilizadoras possam fazer uso deste recurso, têm de ter a aplicação Samsung Health atualizada e procurar pela opção “prever menstruação com temperatura da pele” nas configurações e ativá-la.

Este recurso tem outra vantagem: avalia os sintomas relatados pela utilizadora e fornece sugestões para maior conforto como, por exemplo, técnicas de relaxamento.

A Samsung faz ainda uma advertência relevante. Diz a marca que se a utilizadora está a tomar anticoncetivos hormonais ou em tratamento, o novo recurso não será útil para rastrear a ovulação.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. Email:monicamarques@4gnews.pt