O lançamento do próximo Samsung Galaxy S7 já não se encontra assim tão distante quanto isso e como tal é normal que os rumores e leaks em torno do mesmo comecem a inundar os canais tecnológicos.

Este ano a Samsung incluiu o seu próprio Exynos 7420 nos Galaxy S6 e S6 Edge muito por culpa dos problemas de sobreaquecimento que assombram o Snadragon 810. Mas essa quebra de confiança parece estar ultrapassada e vários relatórios dão já como certo o regresso dos SoC da Qualcomm ao novo flagship da Samsung.

   

Agora surgem informações que apontam para duas versões do mesmo Galaxy S7, uma com Snapdragon 820 destinada aos mercados Chinês e Americano, e outra com um processador Exynos 8890 nos restantes mercados mundiais.

Vê ainda: Samsung Galaxy S7 manterá os dois tipos de ecrã do Galaxy S6

A China e os Estados Unidos são dois dos maiores mercados tecnológicos a nível mundial e isso terá sido um ponto fundamental nas negociações entre as marcas. A Qualcomm terá feito “um desconto” para a Samsung reintroduzir os seus processadores nesses mercados, voltando assim a estar associada a uma da maiores fabricantes de smartphones do mundo. Isto acaba por ser lucrativo para ambas as partes.

O sucesso que o Exynos 7420 teve nos Galaxy S6 e S6 Edge veio reforçar as qualidades dos processadores fabricados pela marca. Assim a Samsung quer aproveitar esta onda e envia para o restante globo processadores próprios, poupando assim algum dinheiro, e nós continuaremos muito bem servidos à mesma.

As partes ainda não se pronunciaram oficialmente sobre estas informações, mas acredito plenamente que sejam verdadeiras. Quando ao lançamento, espera-se que o novo Galaxy S7 venha a ser apresentado nos princípios de Fevereiro de 2016.

Talvez queiras ver:

 

ViaAndroid Authority
FonteElectronic Times

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.