Samsung Galaxy S22 poderão chegar à Europa com processador Snapdragon

Carlos Oliveira
Comentar

A nova linha de topos de gama Samsung Galaxy S só será revelada no início de 2022. Apesar da distância, começam a surgir informações acerca destes equipamentos. Dados que poderão agradar a muitos fãs.

Segundo o que avança o leaker FrontTon, poderá haver uma inversão de papéis com o lançamento dos Samsung Galaxy S22. Em causa, estará uma proeminência dos processadores da Qualcomm nos vindouros topos de gama da sul-coreana.

CPU/GPUExynos 2200 with AMD mRDNA GPU (low yield, available in select markets) - Samsung 4LPE (=5LPP)Snapdragon 898 with Adreno GPU (available in most markets) - Samsung 4LPXRAM, ROM config/Design (https://t.co/sX5H7nvUZX)Identical to the S21 Series(2/2)

— Tron ❂ (@FrontTron) 15 de agosto de 2021

Samsung Galaxy S22 podem chegar à Europa com Snapdragon 895

Em 2022, a Samsung voltará a adotar a sua estratégia de lançamento com versões Exynos e Snapdragon. Desta feita, contudo, o expectável Snapdragon 895 poderá abranger a maioria dos mercados de influência da Samsung.

Em causa estará a escassez de produção do Exynos 2200. Isso fará com que o SoC proprietário da Samsung seja disponibilizada em menos mercados, dando primazia à versão com Snapdragon 895.

Recordo que a estratégia da Samsung tem sido lançar a versão Snapdragon em mercados selecionados, como os EUA ou Coreia do Sul. Os restantes, nomeadamente a Europa, ficam com a variante Exynos. Um status quo que poderá inverter-se já em 2022.

O vindouro Exynos 2200 deverá ser o primeiro SoC da sul-coreana desenvolvido com a GPU da AMD. Funcionalidades como ray tracing poderão entrar no mercado mobile através dos Galaxy S22, especulando-se que este poderá finalmente destronar os semelhantes da Qualcomm.

Samsung Galaxy S22 Ultra
Conceito do Samsung Galaxy S22 Ultra

Baterias menores e câmaras com maior resolução nos Galaxy S22

Além da nota curiosa acerca do processador dos Galaxy S22, o leaker dá ainda a conhecer outras especificações destes smartphones. Em concreto, aponta novos detalhes sobre o ecrã, bateria e câmaras desta linha topo de gama,

Os Samsung Galaxy S22 e Galaxy S22+ virão com painéis LTPS com diagonais de 6,06" e 6,55" polegadas de diagonal. Já o Galaxy S22 Ultra voltará a ser o único com painel LTPO, subindo a parada para as 6,81" polegadas.

As câmaras dos modelos base poderão sofrer melhorias, agora encabeçadas por um sensor principal de 50MP. A restante configuração será de 12MP para a objetiva grande angular e os mesmos 12MP para a telefoto.

Relativamente ao Galaxy S22 Ultra, voltará a ser protagonizado pelo seu sensor principal de 108MP. Na sua companhia terá agora dois sensores telefoto de 12MP e um grande angular com a mesma resolução.

O ponto menos positivo é a possível redução na capacidade das baterias dos modelos base. Com efeito, o Galaxy S22 poderá ostentar uma bateria de 3800mAh, ao passo que o Galaxy S22+ terá 4600mAh. Já o Galaxy S22 Ultra manterá a sua célula de 5000mAh.

Quem anseia pela inclusão da câmara frontal no ecrã, não parece que 2022 seja ocasião para tal. Essa tecnologia deverá ausentar-se novamente desta linha de smartphones desenhados para as massas.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.