Samsung Galaxy S20: uma linha em dificuldades que acaba descontinuada

Carlos Oliveira
Comentar

Não é segredo que a linha Samsung Galaxy S20 ficou bastante aquém do sucesso que se esperava. Preços altos, uma evolução marginal e um processador controverso foram algumas das razões que contribuíram para isso.

Com o lançamento dos Galaxy S21, a Samsung decidiu descontinuar a linha de topos de gama lançada no ano passado. Uma decisão que contraria aquilo que ela havia feito há um ano.

Em 2020, após a apresentação dos Galaxy S20, a Samsung manteve nas lojas os topos de gama da geração anterior (Galaxy S10). Para os tornar mais apetecíveis, a tecnológica baixou os seus preços de venda, numa manobra semelhante ao que a Apple costuma fazer.

Galaxy S20

Samsung Galaxy S20 já desapareceram do site da marca

Rapidamente podemos comprovar a decisão de descontinuar os Samsung Galaxy S20 no site oficial da marca em Portugal. Dos grandes anúncios feitos em 2020, restam apenas os Galaxy Note 20 Ultra e o Galaxy S20 FE ainda disponíveis para compra e com preços mais amigos.

É ainda possível encontrar os primeiros topos de gama de 2020 nas lojas de alguns retalhistas nacionais. Neste caso, o mais certo é tratarem-se das últimas unidades, em promoção, certamente para escoar o stock ainda existente.

Esta é uma decisão que se compreende, tendo em conta a evolução registada com os novos Samsung Galaxy S21. Além de serem equipamentos tecnicamente mais capazes que os seus antecessores, têm preços um pouco mais apelativos.

Dito isto, certamente seriam poucos aqueles que, mesmo com uma redução nos preços, se sentiriam impelidos a optar por algum dos membros da linha Galaxy S20. Uma teoria que certamente também pairou na cabeça dos responsáveis pelo departamento mobile da sul.coreana.

Galaxy S20: excelente hardware que não conseguiu convencer o mercado

Como de costume, o trio Samsung Galaxy S20 foi um dos mais importantes no mercado Android, porém, nunca se revelou um sucesso de vendas. Desde as primeiras semanas no mercado que os números ficaram abaixo dos seus antecessores.

Para esse cenário, contribuíram certamente as marginais evoluções relativamente aos Galaxy S10 e a subida nos preços. Cumpre relembrar que o modelo base (Galaxy S20) chegou a Portugal por 929€.

Mais tarde veio ainda a perceber-se que o processador Exynos 990 ficou consideravelmente aquém do desempenho providenciado pelo Snapdragon 865, vendido noutros mercados. Ou seja, houve um conjunto de fatores que contribuíram ativamente para que estes topos de gama tivessem sido dos menos populares que a marca já lançou.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.