Samsung Galaxy S11: surgem mais pormenores sobre este topo de gama

Carlos Oliveira
Comentar

A publicação My Smart Price vem hoje avançar, em exclusivo, com uma nova série de detalhes acerca do Samsung Galaxy S11. Desta feita, temos novos dados sobre as suas câmaras, ecrã, bateria e mais.

Desde logo, a fonte afirma que este topo de gama será apresentado no primeiro trimestre de 2020, o que coincide com a realização da MWC 2020. Teremos três variantes do Galaxy S11, o que indica que a fórmula introduzida este ano será para repetir.

Galaxy S10

Todos os Galaxy S11 virão com conectividade 5G

Ao contrário do que aconteceu este ano, é especulado que a Samsung dote todos os seus novos topos de gama com conectividade 5G. Este ano a Samsung apresentou-nos um Galaxy S10 5G, que no próximo ano não terá sucessor pelo facto de todas as variantes serem capazes de suportar essas redes.

Samsung Galaxy S11 trará câmaras de 48MP e 64MP

Há dias, uma conhecida fonte ligada à Samsung referiu que poderíamos esperar grandes capacidades fotográficas do Galaxy S11. Agora, é afirmado que o próximo topo de gama irá usar um sensor de 48MP e outro de 64MP.

Atendendo à atual configuração das câmaras do Galaxy S10, este dado levanta questões quanto à sua aplicação. Sendo o S10 detentor de uma lente principal, uma grande angular e um de zoom, onde irá a Samsung encaixar ambos os sensores? Por certo a introdução destas duas lentes irá providenciar ao Galaxy S11 excelentes resultados em termos fotográficos.

Ecrã Infinity-O e uma bateria maior são hipóteses

Já no que respeita ao ecrã do Samsung Galaxy S11, é dito que este irá manter o "buraco no ecrã" para a câmara frontal. A tecnologia para embutir este componente por baixo da tela ainda não está pronta e ainda demorará algum tempo até que a sul-coreana opte por essa solução.

Por baixo do seu ecrã continuará presente um sensor de impressões digitais ultrassónico. Este deverá receber algumas melhorias, em especial na qualidade das suas leituras e área de reconhecimento.

Outro dado importante tem que ver com a bateria do equipamento. É adiantado que estas células serão maiores e contarão com carregamento rápido de 45W, tal como o Galaxy Note 10+.

Importa frisar que estes dados devem ser tido em consideração com uma "dose de sal". Não sabemos em concreto de onde proveem as informações e pode suceder que alguns destes pontos não se venham a concretizar.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.