Galaxy S10: Sensor de impressões digitais já foi enganado (vídeo)

Bruno Coelho

A situação foi reportada por um utilizador no Reddit. Em apenas 13 minutos este conseguiu criar uma impressão digital 3D que enganou facilmente os sensores ultrassónicos do Galaxy S10 e S10 Plus. Parece fácil, mas vais precisar de uma impressora 3D para o replicar.

Para a criação, o utilizador tirou uma fotografia da impressão digital que deixou num pedaço de vidro. Daí, importou-a para o Photoshop onde lhe aumentou o contraste. O passo final foi usar o programa 3ds Max, para criar uma versão tridimensional pronta a ser imprimida.

Todo o processo demorou apenas 13 minutos. Aí, a impressão digital imprimida estava pronta para usar com sucesso, como podes ver no vídeo acima. Os resultados são surpreendes, porque como verificamos a autenticação é feita de forma bastante rápida.

Qual a forma de autenticação mais segura?

Obviamente, o objetivo do utilizador é mostrar a facilidade com que este tipo de tecnologia pode ser ludibriada. Aliás, é preciso ter a noção de que a autenticação por impressão digital não é o suprassumo de segurança. Mas afinal qual é a autenticação verdadeiramente segura?

samsung galaxy s10 sensor de impresões digitais ultrassónico

Não deixa de ser com surpresa que vemos que uma câmara e uma impressora 3D conseguem facilmente fintar este sistema. Se esta descoberta vai abrandar ou não a aposta nesta nova tecnologia, é incerto. Contudo, os passos a ser dados devem ser com o intuito de melhorar cada vez mais a sua segurança.

No futuro esperamos que o sensor de impressões digitais ultrassónico seja inteligente o suficiente. Ou seja, que este se torne capaz de distinguir um dedo de uma impressão 3D. O teste feito pelo utilizador é bastante pertinente, e deixa certamente alerta todos os donos deste dispositivo.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.