Samsung Galaxy Fold Lite: já temos ideia do preço do novo smartphone dobrável

Filipe Alves
Comentar

A Samsung prepara mais uma investida no segmento de smartphone dobrável com o Samsung Galaxy Fold Lite. A empresa sul-coreana é a empresa que mais tem investido no setor e sem uma grande concorrência, é a que está a começar a liderar um mercado em crescimento.

Os rumores para este Samsung Galaxy Fold Lite são mistos. Uns dizem que o smartphone será revelado este ano, já outros apontam o smartphone dobrável apenas para o próximo ano. Independentemente da sua data de revelação, há uma concordância relativamente ao seu preço.

Samsung Galaxy Fold Lite chegará por 900€

Samsung Galaxy Fold Lite

O Samsung Galaxy Fold Lite será o smartphone dobrável mais barato do mercado. Contudo, não esperes que o terminal tenha um preço propriamente acessível a todos.

O equipamento deverá ter o preço de 900€. Ainda que seja o valor de um equipamento topo de gama, não deixa de ser um valor considerável para a tecnologia que o envolve.

Os rumores ditam que o novo Samsung Galaxy Fold Lite contará com o processador Qualcomm Snapdragon 865. Ou seja, neste momento é o chip topo de gama, porém, na altura do seu lançamento será o "chip topo de gama da versão anterior". Tal como aconteceu com o primeiro fold.

O que sabemos do Samsung Galaxy Fold Lite

Ainda pouco sabemos do novo equipamento. Temos apenas a ideia que a Samsung quer fazer do smartphone mais acessível. Todavia, não é fácil trazer um dispositivo obviamente futurista a um preço aceitável para todos.

Ainda assim, este é o primeiro passo para fazer dos smartphones dobráveis com um preço mais acessível. A tecnologia evolui e o preço vai baixando. Só precisamos que este segmento tenha um pouco mais de concorrência para que tal aconteça.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.