Samsung Galaxy Fold: 10 curiosidades sobre o smartphone dobrável

Bruno Coelho

O Galaxy Fold foi o tema tecnológico da semana. A Samsung fez chegar às mãos dos mais populares reviewers o seu smartphone dobrável, e a experiência não foi a melhor em todos os casos. Isto porque o ecrã não resistiu a mais de um dia de utilização na mão de alguns dos reviewers.

Uma película protetora que não deve ser retirada. Esse é o centro de um problema que é muito mais que isso. Depois de analisado o dispositivo, o site GSMArena disponibilizou algumas funcionalidades menos conhecidas do dispositivo. Selecionamos as 10 melhores, para que tenhas uma ideia de como está o Galaxy Fold a portar-se.

samsung galaxy fold continuidade

  • Várias aplicações apenas funcionam no modo de paisagem, como é o exemplo de jogos. Estes apenas funcionam nesta orientação e não mudam mesmo quando o dispositivo é virado.
  • O Galaxy Fold conta com a função de continuidade. Ou seja, abres uma aplicação no pequeno ecrã, e depois desdobras o dispositivo e esta aparece no ecrã maior. No entanto, só algumas aplicações suportam esta funcionalidade. As que não a suportam, mostram barras pretas assim o dispositivo é aberto.
  • Não há melhor maneira de descrever isto. Tirar fotografias com o Galaxy Fold aberto é como tirar fotografias com um tablet. Exercer esta função com é ecrã pequeno mostra-se uma má experiência, pelo que quem quiser tirar partido da função tem de fazê-lo com o ecrã de 7.3 polegadas em punho.

samsung galaxy fold tirar fotografia

  • Quando o smartphone está aberto, o ecrã pequeno não funciona. Embora seja algo feito por segurança, seria usável quando estamos a tirar uma foto a alguém. O ecrã secundário proporcionaria uma visão in loco ao teu “objeto”.
  • O magnetismo que ajuda o Galaxy Fold a manter-se dobrado é bastante poderoso. Tão poderoso que este atrai facilmente objetos metálicos. Ou seja, o melhor é manter moedas longe deste menino.

samsung galaxy fold magnetismo

  • Ainda que tenha um magnetismo forte, é possível abrir o Galaxy Fold com uma mão. Como deves imaginar, exige uma ginástica de dedos interessante. Como qualquer outra coisa, vai lá com a prática.
  • Se estiveres numa chamada e desdobrares o dispositivo, este vai automaticamente passar para o modo de altifalante. Esta é uma função que mostra um bom desenvolvimento por parte da Samsung.
  • O sensor de impressões digitais do Galaxy Fold é lateral, tal como no Galaxy S10e.

samsung galaxy fold capa

  • O Galaxy Fold vem acompanhado com uma capa. Esta tem duas partes, pelo que não é dobrável.
  • Tal como a linha S, o Galaxy Fold tem carregamento sem fios e carregamento sem fios inverso. Ou seja, também pode carregar outros dispositivos.

O Galaxy Fold pode não fazer sentido para muitos, mas a verdade é que não deixa ninguém indiferente. Pode acusar-se a Samsung de pressa em ser a primeira, mas a verdade é que alguém tinha de o ser. Em breve começa a chegar às mãos dos corajosos consumidores e aí será o verdadeiro teste.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.