Samsung Galaxy A53: este é o design e segredos do próximo sucesso da Samsung

Bruno Coelho
Comentar

Dentro de poucos dias, a Samsung vai apresentar os Galaxy S22 ao mundo. Mas pouco tempo depois, a fabricante sul-coreana apresenta os seus novos gama-média de grande sucesso da série Galaxy A.

O dispositivo de maior sucesso desta gama terá em breve um novo integrante chamado Samsung Galaxy A53 5G. E o site alemão Win Future revelou imagens oficiais e especificações técnicas esperadas para o dispositivos.

Este é o design oficial do Samsung Galaxy A53 5G. Crédito: Win Future
Este é o design oficial do Samsung Galaxy A53 5G. Crédito: Win Future

Este será o novo integrante da linha maior sucesso em unidades vendidas da Samsung há vários anos. E como podes ver nas imagens partilhadas, pouco ou nada muda face à anterior geração no que diz respeito a design.

A câmara frontal continua alojada num punch hoje central. A parte de trás conta com construção em plástico, e um módulo com quatro câmaras. A moldura do ecrã é relativamente mais plana.

Samsung Galaxy A53 5G deve chegar com Exynos 1200

No interior, os utilizadores devem poder contar com um novo processador Samsung, muito provavelmente o Exynos 1200 com 5G. Este será acompanhado por 6 ou 8 GB de RAM, e 128 GB de armazenamento interno expensíveis via microSD.

O equipamento vai dispor de um ecrã Super AMOLED de 6,5” polegadas com resolução de 2400 por 1080 pixeis, e taxa de atualização de 120Hz. O sensor de impressões digitais será colocado por baixo do ecrã.

Em termos fotográficos, terá uma câmara principal de 64 MP e uma ultrawide de 12 MP. Os restantes sensores são de 5 MP e servirão para profundidade e fotografias macro. A câmara frontal será de 32 MP.

A bateria do Galaxy A53 5G será de 5000mAh, com carregamento rápido de 25 W. Podemos ainda contar com peso de 189 g, espessura de 8,1 mm e características como NFC. O terminal é esperado na Europa com um valor base de 460 € (ainda por confirmar).

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.