Samsung vai faturar com smartphone dobrável das suas concorrentes

Vitor Urbano
MWC 2019 ecrã OLED Samsung smartphone dobrável Android 2018
Samsung pretende lucrar com o smartphone dobrável das suas concorrentes

De acordo com informações provenientes da Coreia do Sul, a Samsung está a tentar fechar parcerias para vender os seus ecrãs dobráveis a várias fabricantes chinesas. Embora a empresa tenha apresentado estratégias bastante diferentes com os seus ecrãs Super AMOLED no passado. Nesta nova "aventura" a gigante sul-coreana parece ter outras intenções.

Tudo aponta para que 2019 seja o ano em que várias fabricantes vão lançar no mercado o seu primeiro smartphone dobrável. Iniciando assim uma nova Era de smartphones que chegará para revolucionar o mercado. Ou pelo menos assim espera a Samsung.

Vê ainda: Smartphone dobrável da Samsung chegará em unidades limitadas

No passado, a Samsung decidiu manter os seus novos ecrãs Super AMOLED flexíveis durante algum tempo. Assim, os seus smartphones conseguiam apresentar uma tecnologia que ainda não estava acessível a mais nenhuma fabricante.

Mas, o tipo de abordagem da fabricante parece ter sido ajustada no caso do seu primeiro smartphone dobrável. Por agora tudo não passam de especulações, mas as teorias que têm circulado parecem bastante plausíveis.

Samsung vai lançar o primeiro smartphone dobrável, e lucrar em todos os outros

A chegada do primeiro smartphone dobrável é um cenário totalmente diferente, uma vez que vai criar todo um novo segmento para o qual os utilizadores poderão não estar preparados. Mais ainda, de acordo com os rumores que têm circulados, o provável é que chegue com um preço ridiculamente elevado.

De forma a preparar as mentalidades dos utilizadores e de todo este novo segmento de mercado, a Samsung está a planear tornar os seus ecrãs dobráveis acessíveis a outras fabricantes. As informações indicam que já foram até enviadas amostras para a Oppo e Xiaomi.

Samsung smartphone dobrável 4gnews

Ao fornecer as suas concorrentes com os seus ecrãs, a Samsung vai conseguir criar uma maior oferta neste novo segmento. Com uma maior oferta, também os preços irão ficar mais competitivos. No entanto, isso não deverá ser um problema para a empresa sul-coreana.

Com o preço do novo Galaxy Note 9 a bater todos os recordes, ficou bastante claro que a fabricante pode praticar os preços que bem entender. Para além disso, com a venda de ecrãs às fabricante chinesas, vai conseguir baixar os custos de produção do seu próprio smartphone dobrável.

Assim sendo, esta possível estratégia poderá vir a favorecer todos os envolvidos na chegada do primeiro smartphone dobrável. Os utilizadores terão mais ofertas neste novo segmento, com preços mais apelativos e as fabricantes vão conseguir desenvolver os seus smartphones com a mais avançada tecnologia disponível.

Editores 4gnews recomendam:

Smartphone dobrável: LG poderá vir a surpreender a Samsung

Assim poderá ser o primeiro smartphone dobrável da Samsung

Xiaomi e OPPO também estão a trabalhar num smartphone dobrável

Fonte | Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.