Samsung deverá ignorar a próxima grande revolução dos smartphones

Carlos Oliveira
Comentar

A Samsung é vista como uma empresa constantemente na vanguarda da tecnologia, mas isso poderá não se repetir no que concerne aos smartphones com ecrã deslizante. Pelo menos é essa a convicção de alguns analistas.

Após a explosão do mercado dos smartphones dobráveis nos últimos anos, algumas atenções começam a desviar-se para este novo conceito de produto. Todavia, a gigante sul-coreana poderá não acompanhar o entusiasmo de algumas das suas concorrentes.

Smartphones com ecrã deslizante pouco apelativos para a Samsung

Esta tese é agora avançada pela publicação The Korea Herald citando o CEO da empresa BI Research, Yi Choong-hoon. A sua crença é de que a Samsung poderá não dar a atenção esperada pelos seus fãs aos smartphones com ecrã deslizante.

Samsung

A sul-coreana poderá encarar este novo nicho de mercado como uma sobreposição aos já instalados smartphones dobráveis. Devido a esta alegada sobreposição, a Samsung considera "difícil para os telefones extensíveis criar o seu próprio mercado".

"Para os consumidores familiarizados com telefones dobráveis como um livro, um ecrã deslizante pode parecer mais complicado". Esta possível reação do mercado será aquilo que mais impedirá a Samsung de avançar para este novo formato.

Com efeito, a Samsung deverá continuar a apostar forte no mercado dos smartphones dobráveis. Fá-lo-á para manter a sua posição de domínio e liderar as próximas inovações neste nicho de mercado.

Empresas chinesas poderão sair beneficiadas com esta decisão

A expectável ausência da Samsung no mercado dos smartphones deslizantes poderá ser deveras benéfica para as suas rivais chinesas. Afinal são estas que se mostram mais propensas a experimentar as principais inovações tecnológicas.

Assim sendo, estas marcas irão aproveitar a ausência da Samsung para se destacar da gigante . Deste modo, oferecerão formatos que não encontraremos no portefólio da Samsung, desviando assim os que querem o último grito tecnológico.

"A Samsung Display garantiu uma competitividade incomparável, especialmente em patentes relacionadas e conhecimento de produção. Não será fácil para as rivais chinesas competirem. As fabricantes chinesas de smartphones podem tentar lançar telefones deslizantes numa tentativa de se diferenciar da Samsung. Mas o potencial de mercado parece limitado."

Apesar deste relatório, importa relembrar que a Samsung possui várias patentes afetas a este nicho de mercado. Além disso, a marca já apresentou um protótipo funcional, portanto, nada nos garante que a coreana não irá mesmo apostar neste mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.