Samsung, Apple e Xiaomi, estas são as líderes de mercado em 2022

Rui Bacelar
Comentar

A fabricante sul-coreana, Samsung, manteve a liderança do mercado de smartphones durante o segundo trimestre de 2022. Os dados chegam-nos agora através da agência de análise de mercado Canalys, dando conta das flutuações neste setor. Logo em segundo lugar mantém-se a Apple, seguida pela Xiaomi em terceiro lugar.

O destaque vai para a líder de mercado que reforçou a sua liderança graças às fortes vendas da gama Samsung Galaxy A onde reúne os seus telemóveis de gama média e gama baixa. Em simultâneo, também os Galaxy S22, sobretudo o modelo Ultra, foram bem recebidos pelos consumidores.

Agência Canalys partilha agora os dados do 2.º trimestre de 2022

Canalys
O mercado de smartphones durante o 2.º trimestre de 2022. Crédito: Canalys

Apontando primeiramente a quebra de 9% no volume de vendas face ao trimestre homólogo de 2021, a Canalys destaca o Top 5 das fabricantes em 2022. Em primeiro lugar temos a Samsung. Em segundo lugar consta a Apple. Em terceiro lugar temos a Xiaomi, seguidas pela OPPO em quarto lugar e, por fim, a Vivo em quinto lugar.

Constatamos também um aumento significativo da quota de mercado da Samsung entre 2021 e 2022, tendo agora 21% face aos 18% no trimestre homólogo. Já a Apple também aumentaria a sua quota de mercado em três pontos percentuais, de 14% para os atuais 17% apurados pela Canalys.

Em rumo inverso temos a Xiaomi que perdeu três pontos percentuais de 17% para 14% em 2022. De igual modo, vemos uma ligeira erosão na quota de mercado da OPPO e Vivo. Estas são as quartas e quintas classificadas devido às dificuldades sentidas no mercado doméstico da China.

Dificuldades sentidas na China sentidas pela Xiaomi, OPPO e Vivo

WW smartphone shipments fell 9% YoY in Q2 2022. Top 5 vendors: #Samsung(1) took 21% market share with bolstered A series supply. #Apple(2) took 17% with high iPhone 13 demand. #Xiaomi, #OPPO & #vivo rounded of the top 5 despite challenges in China. More: https://t.co/IAhwDzxGTx pic.twitter.com/8pPClzHZJS

— Canalys (@Canalys) 18 de julho de 2022

Segundo avança o analista Runar Bjrhovde da agência Canalys, "as fabricantes foram forçadas a rever as suas táticas de vendas durante o 2.º trimestre de 2022. Isto devido ao estado do mercado asiático, levando as fabricantes a tomar uma postura mais cautelosa. O tecido económico mais débil, a procura menor e mais intercalada, levou a que as fabricantes reconsiderassem os respetivos portefólios para o resto de 2022.", apontou o analista.

Bjrhovde acrescentou ainda "O segmento de gama média, demasiado exposto e saturado de modelos, é o nicho ideal para apurar as necessidades e mercado, permitindo às fabricantes ajustar os seus portefólios. É aí que os consumidores orientam a sua procura, mais para o segmento de entrada com produtos baratos em caso de recessão económica, ou mais próximos da gama alta em situação inversa."

Em suma, vemos a Samsung a manter e alargar a sua dominância de mercado, com a Apple a crescer em simultâneo. Porém, fabricantes chinesas como a Xiaomi, OPPO e Vivo sentiram as consequências da desaceleração da China.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com