The Barista Express Impress review: máquina de café manual Premium

Rui Bacelar

O bom café, expresso como manda a tradição, é uma paragem obrigatória ao longo do dia, um pequeno luxo ao qual, como bom português, não me nego. Por isso, quando a Sage deu a conhecer a sua nova máquina de café manual, assistida, fiquei curioso.

Quão premium pode ser a experiência de utilização, a qualidade de construção, acessórios, conveniência e, qual santo grall, como são os resultados do néctar extraído da Barista Express Impress? Excelente, sim, mas depende!

A máquina de café Barista Express Impress da Sage é manual assistida

A The Barista Express, era, até há pouco, a máquina de café expresso número um da Sage Appliances, Com mais de 2 milhões de unidades vendidas em todo o mundo, a sua popularidade convenceu a própria marca a lançar recentemente este novo modelo.

O novo modelo coloca-se no segmento de gama alta para quem procura uma máquina de café manual com todos os quês e porquês que em seguida daremos a conhecer.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Design geral da máquina de café The Barista Express Impress

Assim sendo, preparada para o futuro, a nova máquina de café combina o melhor da Barista Express com mais tecnologia para ajudar os consumidores a obterem a dose perfeita de café e uma prensagem perfeita.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
As inevitáveis pingas de água, mesmo com um generoso tabuleiro de recolha de água.

Isto ao mesmo tempo que reduzem a sujidade no processo de extração. É inegável, este é maior contra de qualquer máquina manual, sobretudo quando o mercado está tão saturado (e habituado) às máquinas de cápsulas, sem dúvida "mais limpas".

Foi com base nestas duas premissas, tecnologia e limpeza, que nasceu a Barista Express Impress da Sage.

Máquina manual para o Barista iniciante e entusiasta sério

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
A alavanca lateral é um dos melhores atributos da Express Impres.

A Barista Express Impress introduz uma nova tecnologia com o seu Impress puck system. Trata-se de um sistema de dosagem inteligente que garante que cada dose de café moído é distribuído para o porta-filtro com base na moagem anterior.

Este novo sistema fornece a dose ideal recomendada, de entre 18 e 22 gramas de café recém moído. Desse modo, atingindo a fórmula correta para o melhor sabor.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
O resultado do "puck" após a prensagem com o sistema Impress.

Para além disso, a máquina de café ajusta automaticamente a dose quando o utilizador altera as definições de moagem ou do tipo de café. O melhor de tudo? As definições precisas resultam na fórmula ideal para um sabor rico, repleto e equilibrado.

O sistema também garante que o café moído é depositado no centro do porta-filtro antes de prensar o café moído. Assim, possibilitando uma distribuição equilibrada, essencial para uma melhor extração.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Pormenor da alavanca lateral da máquina de café, de construção metálica.

A máquina de café The Barista Express Impress da Sage inclui as seguintes características:

  • Informação da dose de café através de uma matriz de LEDs, que informa a todo momento a dose ideal
  • Manípulo de aço inoxidável de 54 mm
  • Sistema de aquecimento uni bloco Thermocoil
  • Controlo de temperatura PID
  • Trituradores cónicos de precisão
  • Depósito de grãos de 250 gramas
  • Depósito de água de 2 litros
  • Tubo de vapor manual de pressão para preparar leite com textura de micro espuma
  • Saída de água quente dedicada
  • Prensa automática de 10 kg e giro de barista de 7 graus
  • Processo de pré-infusão a baixa pressão e extração a alta pressão (9 bares) mediante uma bomba italiana de 15 bares
  • Construção em Aço inoxidável
  • P.V.P de 829,90 € em Portugal

Design da máquina de café Sage

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Sóbrio, elegante, intemporal. Adjetivos que podem descrever o seu design.

As máquinas de café com moinho integrado são cada vez mais difíceis de encontrar, sobretudo com boa qualidade. Porém, este é o formato que continuo a preferir para o meu prazeroso café da manhã, ou a merecida recompensa quando chego a casa.

Posso escolher o tipo e grão de café a usar, a sua moagem, quantidade e várias outras métricas que despertam o perfecionismo latente. Regra geral, o trabalho extra que as máquinas manuais exigem, traduz-se numa forte sensação de recompensa.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

Tendo a sorte de ter também outras máquinas de café por casa, desde as automáticas em que só temos de pressionar o botão, às máquinas de café de cápsulas que se assoberbaram do mercado. Cada qual tem os seus méritos, cada qual no seu momento.

A Sage continua a liderar neste aspeto. Esta máquina é bela, com o seu design a colher os melhores ensinamentos da tradição, sem se colar a um look retro. A forma segue a substância, com design pensado no utilizador e na durabilidade do produto.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

A The Barista Express Impress prova ser possível desenhar um produto belo e funcional. Todas as partes móveis, botões e partes importantes da máquina estão devidamente sinalizadas. Assim, apesar de parecer complicada, basta olhar com atenção.

Temos aqui uma solução completa, desde o moinho ao novo sistema de prensagem, tubo de vapor, saída para água quente e claro, o bocal para a extração de café. A The Barista Express Impress é uma máquina tudo em um para um expresso de qualidade.

Qualidade de construção faz jus ao preço de 829 €

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

A qualidade de construção acompanha a excelência do design. A máquina é extremamente sólida, revestida por aço inoxidável em todas as faces, ao passo que o plástico utilizado é de qualidade, comparável ao usado nos melhores Tupperware, por exemplo.

Há, contudo, uma exceção que não me agradou. A roda / seletor da função Vapor / Água quente, é feita em plástico e não gostei do tato, não está ao nível da demais excelente qualidade de construção da máquina e do metal que profusamente a compõe.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
A roda / seletor da função de Vapor / Água quente, na lateral direita da máquina.

Aqui vamos aplicar uma considerável força ao alternar entre o modo de vapor ou de água quente e, apesar de o plástico se mostrar robusto, a sensação de toque aqui não é premium.

Fosse este seletor em metal, da mesma liga que a alavanca de prensagem e dar-lhe-ia 5 estrelas. Esta é a minha principal queixa no quesito qualidade de construção.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Seletor da grossura / moagem do café com 25 etapas.

Temos, porém, um paralelo nesta máquina, a roda / seletor da moagem na lateral esquerda. Quiçá por ser um mecanismo que use menos vezes, ou por ter mesmo assim um click extremamente satisfatório, nesta instância não me importo com o plástico usado.

Por outro lado, é com imenso prazer que pegamos no manípulo / cachimbo para o café. É extremamente sólido, integralmente metálico, apenas com um anel em silicone e de excelente qualidade de construção, merecendo o título de premium.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
O manípulo de café é excecionalmente bem construído, pesado e sólido.

Temos também um reservatório de água sólido, com uma mecânica bem pensada para que a tampa funcione quase como uma aba para transporte, muito inteligente. Temos também um grande tabuleiro para recolha de água e resíduos, modular e prático.

Por fim, outro ponto a destacar é a cobertura para o novo sistema de prensagem, também em plástico, cromado, mas cumpre bem a sua função. Para além disso, é fácil de remover para a manutenção e limpeza periódica do sistema de prensagem assistida.

Acessórios: quantidade e qualidade

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Kit de Limpeza, cestas de 54 mm, "Razer" para remoção do café em excesso.

A máquina de café The Barista Express Impress da Sage chega extremamente bem equipada de acessórios e guias de iniciação para dominarmos todos os aspetos da máquina.

Temos assim:

  • 4 cestas para café de 54 mm (2 x parede dupla + 2 x parede simples)
  • Kit de limpeza e descalcificação da máquina
  • Razer: acessório para retirar, do cesto, o café em excesso
  • Jarro em aço para texturizar o leite
  • Colher de dosagem - para café previamente moído

Experiência de utilização

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

A utilização diária da máquina é realmente agradável. Não só a máquina é (relativamente) silenciosa, para o seu género, como nos brinda com luzes em branco que combinam na perfeição com o seu look em aço.

Temos, porém, alguns sinais luminosos em verde, vermelho e amarelo / laranja, cada qual sinalizando e cumprindo bem a sua função.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Pormenor do manípulo, integralmente construído em metal.

O sistema Impress mostra a sua utilidade sempre que prensamos o café. Portanto, para tirar um café (fazer uma extração), temos o seguinte procedimento.

  1. Seleção do tamanho da cesta (dose única ou dose dupla), bem como do tipo (parede simples ou parede dupla)*
  2. Colocação do manípulo, com a cesta, debaixo do coletor de café
  3. Selecionar, na máquina, Dose Única ou Dose Dupla, bem como Dosagem automática ou Manual
  4. Premir o botão de Moagem / Dosagem e aguardar
  5. Baixar a alavanca de prensagem
  6. Ajustar se necessário, ou proceder à extração do café
máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Cesta dupla de parede simples - para café moído na hora.

* As cestas de parede simples devem ser usadas quando temos grãos mais frescos, moídos na hora. As cestas de parede dupla devem ser usadas para café previamente moído, por exemplo, café moído comprado.

As cestas de parede dupla forçam o café por uma barreira extra, resultando em espuma / creme garantido. Nota que um café torrado há mais tempo perderá parte das suas notas e qualidade da espuma, mesmo que moído in loco.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Cesta unitária de parede dupla - para café comprado moído.

Feita a seleção da cesta, e feita a moagem ou inserção do café, a máquina sinaliza-nos para baixar o manípulo lateral e é aí que "acontece a magia". Segundo a Sage, é aplicada sempre a mesma pressão de 10 kg, bem como uma ligeira rotação de 7 graus.

O resultado? Uma impressionante consistência no puck em cada moagem, assim que ajustada a quantidade de café a moer para cada instância. Em boa verdade, isto soa mais difícil do que realmente é na prática, passo a explicar.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Seletor da grossura / moagem do café com 25 etapas.

Inserimos um novo saco de café no moinho. Fazemos o ajuste pretendido da grossura da moagem e procedemos à mesma, com o manípulo no lugar indicado. É provável que, após um acerto da grossura da moagem, a máquina moa a mais, ou a menos.

Na primeira instância, podemos usar a "Razer" para remover o café em excesso. Na segunda, a luz do botão Dosagem piscará, pedindo-nos para moer "Um pouco mais", surgindo depois, com o pressionar da alavanca, o desejado traço verde na cara sorridente.

Sistema de prensagem Impress garante sempre 10 kg de pressão

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Sistema de prensagem assistida, Impress, sem a proteção.

Feito isto, na próxima moagem a máquina já saberá automaticamente qual a quantidade ideal a moer. Em todo o caso, também podemos ajustar manualmente a quantidade de café a moer, com o controlo dedicado bem fácil de usar.

Em suma, pode parecer algo simples, mas o facto de numa máquina manual a prensa estar integrada na máquina é profundamente impactante. Na prática, agiliza o trabalho prévio à extração de um café e, o melhor de tudo, garante sempre a mesma pressão.

Sobretudo para iniciantes, impacientes, ou entusiastas com pouca experiência prévia, este sistema é realmente útil.

Qualidade do café expresso na máquina The Barista Express Impress

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

Design, qualidade de construção, acessórios e facilidade de uso são importantes, certo. Porém, a última palavra, ou melhor, a degustação do café é o que realmente importa neste tipo de produto. Afinal de contas é uma máquina de café, certo?

Por via da regra, as máquinas automáticas sacrificam alguma qualidade do café. Ora, afastem-se esses receios com a The Barista Express Impress. A prensagem assistida baseia-se nos critérios de Barista, ou melhor, nos 10 kg de pressão e uma leve rotação.

Portanto, se fizerem a prensagem logo após a moagem, o café não perderá qualidade ao ficar demasiado tempo exposto ao ar. Porém, certo é que aqui não temos hipótese de redistribuir o café no cesto após a prensagem.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

Não obstante, na prática isto não pareceu afetar a qualidade dos resultados. Aliás, bem pelo contrário pois veio uniformizar a pressão aplicada em cada cesta. São sempre os mesmos 10 kg de pressão e uma ligeira rotação de 7 graus na preparação do puck.

Tendo em consideração o tamanho da cesta - 54 mm - a máquina é menos sensível a uma distribuição possivelmente imperfeita do café na cesta. O seja, com uma cesta de menor diâmetro, há uma maior tolerância para "imperfeições" nesta etapa de preparação.

Para além disso, de acordo com a Sage, o café cai na sesta de forma já uniforme, do centro para as extremidades. Em suma, não tenho aqui a menor queixa na preparação do puck, pese embora não seja um Barista, ou expert nesta arte.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

Podemos ajustar a grossura da moagem em 25 etapas. A lógica aqui a reter é a seguinte:

  • Moagem mais grossa - café mais fluído e corrido (extração mais rápida)
  • Moagem mais fina - café com mais espuma, mais carregado (extração mais lenta)

A máquina opera nos tradicionais 9 bares de pressão na cabeça de extração, o que significa um expresso com mais espírito, creme e sobretudo consistência que associamos a um café premium.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

Em suma, os resultados são extremamente consistentes para uma máquina de café manual. A "assistência" vem uniformizar o processo de prensagem e o doseamento adaptável é outro bónus que contribui para melhores resultados.

Por fim, o indicador central com a pressão da fase de pré-infusão e fase de extração não é apenas decorativo, como uma boa forma de vermos se o café está demasiado fino / grosso, etc.

Varinha de vapor e texturização

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

A The Barista Express Impress manteve o sistema de vapor do modelo anterior e aqui perdeu a oportunidade para ter uma nova máquina praticamente perfeita. Não que o sistema seja deficitário, mas podia ser mais rápido a aquecer e mais potente.

Ao tirar café não vão sequer reparar nisto, é uma função acessória, mas face à agilidade em extrair um café, demoramos bastante mais a ter a máquina pronta a texturizar o leite ou outra bebida. Em suma, a The Barista Express Impress é lenta na função Vapor.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

O resultado? Com um pouco de paciência conseguimos uma micro espuma de excelente qualidade. Temos até o jarro metálico incluído com indicação dos limites mínimos e máximos para obter os melhores resultados.

Temos, aliás, uma saída de água quente perfeita para chá, ou para "atestar" uma chávena de café e obter um "Americano". Ainda assim, se há uma área em que esta máquina não brilhou foi na rapidez e potência da função Vapor.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Pormenor do tabuleiro de gotejamento.

Em suma, esta é uma máquina excelente que, com mais algum investimento da marca, podia ser praticamente perfeita. Se a preocupação primordial for o café e respetiva qualidade do expresso, então aqui tens tudo para um café premium.

Para preparação de bebidas como lattes, também o faz, não sendo tão ágil ou conveniente, mas cumpre o serviço.

Conclusão: Expresso Perfeito e um bom Latte

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

O preço de 829 € em Portugal é sustentado pela qualidade da máquina de café e respetivos resultados. É, naturalmente, para um público mais exigente, para entusiastas de café expresso, ou para o jovem Barista que queira uma ótima primeira máquina.

A The Barista Express Impress da Sage é muito bem construída e executada, ajudando o utilizador em todas as etapas. Temos resultados excelentes na qualidade do café expresso e muito bons no workflow, ou seja, nas etapas de trabalho e uso.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress
Gaveta de armazenamento e tabuleiro de gotejamento.

Vale ainda frisar que, como em qualquer máquina de café manual, há mais água, resíduos, vapor e necessidade de limpar associados à sua utilização. Porém, até mesmo o tabuleiro de gotejamento e água é bem executado, modular e fácil de remover.

Para quem gosta de saborear o seu expresso pela manhã, ou degustar um bom café ao chegar a casa, então esta é a máquina perfeita.

máquina de café manual Sage Barista Express Impress

O prazer acrescido de uma preparação manual não deve ser menosprezado e, fico feliz em dizer que a energia empregue para tirar um café traduz-se em excelentes resultados.

Em suma, esta máquina é um pequeno luxo. Porém, para todos os apreciadores de um bom expresso em Portugal, não podemos senão recomendar um produto que entrega resultados consistentemente excelentes.

A 4gnews atribui 4 em 5 estrelas possíveis à máquina de café The Barista Express Impress da Sage.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@4gnews.pt