Richard Yu afirma que o próximo terminal Huawei terá ecrã 2K

António Guimarães

Há coisa de dois anos, Richard Yu, CEO da Huawei, afirmou que resoluções de 2K eram desnecessárias devido à falta de discernimento do olho humano.

Vê ainda: (Des)fragmentação: iOS 9 já corre em 84% dos dispositivos Apple

Richard Yu observou que o ser humano não consegue distinguir a diferença entre imagens em Full HD (1080 x 1920) e QHD (1440 x 2560) e que além disso, os smartphones com resoluções QHD sofrem de uma autonomia insuficiente.

O caso muda de figura quando se trata de Realidade Virtual. Hoje, Richard Yu disse que mudou de ideias em relação ao 2K devido à Realidade Virtual, dizendo que tal resolução é necessária para uma melhor experiência.

Nesse sentido também anunciou que o próximo smartphone da Huawei terá um ecrã de tal resolução. Até agora, a resolução máxima dos terminais Huawei é FHD, não contando com o Nexus 6P pois esse foi apenas fabricado pela empresa de Shenzhen.

Yu ainda adiantou que a Huawei está a trabalhar num avanço tecnológico. Embora o mesmo não tenha adiantado mais informação podemos assumir, devido aos seus comentários anteriores, que poderá ser uma melhor autonomia num terminal com ecrã 2K.

Talvez queiras ver:

  • Huawei anuncia oficialmente o Huawei P9 Lite, estará disponível em Maio
  • Teclast Tbook 10: Híbrido com Windows 10 e Android 5.1 por 170€
  • Como ouvir os nossos podcasts no Windows 10
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.