Remover com segurança uma pen USB já não é obrigatório, diz a Microsoft

Carlos Oliveira

Um dos atos mais enraizados na tecnologia é a remoção com segurança de todos dispositivos de armazenamento USB dos nossos PC´s. Pois bem, a Microsoft vem agora dizer que esta ação deixou de ser tão importante quanto nos foi ensinado.

Graças à funcionalidade "quick removal" presente no Windows 10, poderás desconectar a tua pen USB e outros quando quiseres, sem qualquer tipo de problema. Embora a remoção com segurança continue presente, não será mais uma obrigação para os utilizadores.

Esta nova funcionalidade foi implementada com a chegada do Windows 10 October 2018 Update. Por conseguinte, o mais provável é que a mesma já se encontre ativa no teu PC, mesmo que não tenhas dado conta. Afinal, a Microsoft adianta que esta é uma opção que vem ativa por defeito no sistema operativo.

Remover com segurança de uma Pen USB deixa de ser obrigatória com o WIndows 10

Esta nova funcionalidade presente no Windows 10 impede a escrita continua de dados na tua unidade de armazenamento USB. Desse modo, os teus dados continuarão seguros mesmo que removas essa unidade sem a tal opção que todos conhecemos desde sempre. Mas, claro está, esta ação não terá o mesmo resultado se operada enquanto estiveres a transferir dados para essa unidade.

Uma vez que foi implementada com a October 2018 Update, certamente te perguntarás porque só agora é tema de noticia., Em boa verdade, esta não é a primeira vez que a Microsoft fala nesta possibilidade.

Ainda assim, esta está agora a merecer destaque pelo facto de só agora ter sido notificada aos profissionais de sistemas e pela sua maior disponibilização. Além disso, a empresa de Redmond adianta que este tipo de proteção aos nossos dados já vigora no seu software desde o Windows 7.

Assim sendo, a entranhada prática de remover com segurança os nossos dispositivos USB pode ser abandonada. Para os mais antigos, não será de um dia para o outro que se esquecerá uma tarefa tão automatizada como esta. Por outro lado, os mais novos poderão, desde já, embrenhar-se neste novo método que a tecnologia coloca ao nosso dispor.

Editores 4gnews recomendam:

AMD vs Intel: entende as diferenças dos processadores

Primeiros processadores de 5nm poderão entrar em produção já em 2019

Gartner prevê uma adoção tímida dos smartphones dobráveis nos próximos anos

Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.