Redmi A1+ é oficial: conhece o smartphone mais barato de sempre da Xiaomi

Carlos Oliveira
Comentar

Para quem procura um smartphone acessível, o novo Redmi A1+ é o novo smartphone a ter em conta. Apresentado hoje na Índia, este destaca-se por ser o modelo mais acessível de sempre no portefólio desta empresa do universo Xiaomi.

Pelo equivalente a 92 €, os utilizadores receberão um dos mais básicos equipamentos alguma vez lançados pela empresa chinesa. É um produto concebido para quem procura as funcionalidades básicas, ou seja, chamadas, mensagens, redes sociais e pouco mais.

Redmi A1+ é o novo smartphone abaixo dos 100 € que deves considerar

O primeiro sacrifício notório no Redmi A1+ está na sua qualidade de construção. Este equipamento é construído em plástico, um compromisso necessário para a marca conseguir reduzir ao máximo o preço de venda deste produto.

Redmi A1+

É ainda através do seu ecrã que notamos o posicionamento deste equipamento no mercado. Além de ter um recorte em formato de gota de água para a câmara frontal, temos margens algo espessas para a realidade atual do mercado.

O seu ecrã possui uma diagonal de 6,52 polegadas e é de tecnologia IPS LCD. A sua resolução fica-se pelo HD (720p) e a sua taxa de atualização da imagem será de 60 Hz.

Ultrapassando a qualidade de construção deste smartphone, o seu interior é também ele limitado. O seu processador é um MediaTek Helio A22, acompanhado por 2 GB ou 3 GB de RAM e apenas 32 GB de memória interna.

Para os que pensam já no campo fotográfico do Redmi A1+, este chega equipado com um conjunto de duas câmaras de 8 MP e 2 MP. Na parte frontal marca presença um sensor de 5 MP.

Redmi A1+

Apesar das evidentes limitações técnicas deste equipamento, ele chega dotado de uma bateria de 5000 mAh. Com este potencial de armazenamento de energia e um hardware mais comedido, é possível que este seja um produto com uma autonomia de dois dias.

As limitações técnicas do Redmi A1+ almejam ser colmatas pela presença de um software otimizado para este tipo de produtos. Como não poderia deixar de ser, este smartphone chega com o Android 12 na sua versão Go.

Além disso, o Redmi A1+ não conta com a tradicional interface MIUI presente em todos os modelos da marca. Ao invés, este chega com uma versão muito próxima do Android puro.

Pela parte positiva temos a presença de um sensor de impressões digitais na traseira do Redmi A1+ e uma entrada USB-C. Dois pormenores que habitualmente não encontramos em produtos deste segmento.

Como já mencionado, o Redmi A1+ foi apresentado na Índia com um preço a rondar os 92 €. Ainda não sabemos se chegará também aos mercados internacionais.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.