Realme vai surpreender o mundo ao trazer o primeiro smartphone com o processador Snapdragon 875

Filipe Alves
1 comentário

A Realme assegurou que será a primeira fabricante a lançar um smartphone com o mais recente processador topo de gama Qualcomm Snapdragon 875.

A Qualcomm tem evento marcado para a revelação do novo Qualcomm Snapdragon 875 no dia 1 de dezembro. Já é habitual a Qualcomm revelar o seu novo processador topo de gama no final do ano, até porque, é um dos principais chips de smartphones para a primeira metade do seguinte ano.

O que esperar do Qualcomm Snapdragon 875

Qualcomm Snapdragon 875

O Qualcomm Snapdragon 875 será o primeiro da fabricante com 5nm. Ou seja, espera-se que seja pequeno, potente e muito eficiente. Os detalhes, como é óbvio, ainda não são conhecidos. Contudo, a Qualcomm raramente nos desilude (tirando o Snapdragon 810).

Este será o processador responsável pelos smartphones topo de gama Android. Ou seja, Galaxy S21 (S30) trará este processador (em alguns mercados), novos OnePlus, Xiaomi ou até, como aqui falamos, a Realme.

Realme trará o primeiro smartphone com o Snapdragon 875

Realme 7

Ao que parece, o primeiro smartphone com este processador será uma nova variante do Realme 7. O Realme 7 Pro é o mais recente smartphone da empresa asiática com o processador Snapdragon 720G e com um preço a rondar os 300€.

Assim sendo, podemos presumir que o novo terminal com este Snapdragon 875 encaixará no modelo topo de gama desta variante.

Realme continua a surpreender

Inicialmente muitos se questionavam se a Realme tinha o que era preciso para combater a Xiaomi. Afinal de contas, esse era o seu grande propósito.

O tempo passa e temos visto uma Realme a trazer novos produtos com qualidade extrema e, acima de tudo, com um preço muito competitivo. Curioso para saber a que preço chegará o primeiro smartphone com o Qualcomm Snapdragon 875.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.