Qualcomm ainda não resolveu um grande problema com o Snapdragon 8 Gen 1

Carlos Oliveira
Comentar

O Snapdragon 8 Gen 1 é o novo processador topo de gama da Qualcomm e tem sido tema de notícia nos últimos dias. Agora que o primeiro smartphone a usar este processador já foi anunciado, chegam mais conclusões sobre as vantagens e desvantagens do novo SoC.

Foi através do conceituado leaker Ice Universe que tomamos conhecimento de um ponto bem negativo do novo Snapdragon 8 Gen 1. Segundo o seu testemunho, este processador continua a sofrer de problemas de sobreaquecimento.

On moto phones, the extreme test of Snapdragon 8 Gen1 is very hot. Please be mentally prepared, 2022 may be “HOOOT”year for Android phones.

— Ice universe (@UniverseIce) 9 de dezembro de 2021

Snapdragon 8 Gen 1 continua a aquecer demasiado

A fonte dá a saber que os primeiros testes ao Snapdragon 8 Gem 1 revelam que o processador continua a aquecer demais. Quando submetido a tarefas de mais pressão, o novo processador da Qualcomm continua a não saber gerir bem a sua temperatura.

Perante este dado, Ice Universe adverte os seus seguidores para o facto de 2022 voltar a ser um ano "quente" no mercado Android. O que deixa a antever inúmeros relatos, ao longo do ano, de utilizadores a queixarem-se que o seu smartphone aqueceu demasiado em determinadas situações.

O leaker aponta o dedo à arquitetura que a Qualcomm usou no desenvolvimento do Snapdragon 8 Gen 1. A transição para a arquitetura Armv9 é, na opinião de Ice Universe, sem sentido visto não resolver os problemas de aquecimento, nem dar o impulso esperado ao desempenho do processador,

Snapdragon 8 Gen 1

Ice Universe vai ainda mais longe e afirma que o Snapdragon 8 Gen 1 não fará mossa ao desempenho prestado pelo A15 Bionic da Apple. O último é o processador que está dentro dos iPhone 13.

Problemas só serão resolvidos daqui a dois anos

A Qualcomm estará ciente dos problemas afetos aos seus processadores, porém, mostra-se incapaz de os resolver rapidamente. Ao que tudo indica, os problemas apresentados pelos processadores Snapdragon só serão resolvidos no final de 2023.

Será por essa altura que a Qualcomm irá desvendar o Snapdragon 8 Gen 3 com a nova arquitetura da Nuvia. Só aí, é que este SoC será rival à altura dos processadores da Apple, acredita o conhecido leaker.

As coisas também não parecem muito animadores para o lado da Samsung. Ice Universe afirma que o novo Exynos 2200 continuará atrás do Snapdragon 8 Gen 1 e que a GPU desenvolvida pela AMD continuará atrás das gráficas Adreno usadas pela Qualcomm.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.