Pocophone F2: data de lançamento, specs, rumores e preço

Rui Bacelar

A Xiaomi tem na POCO uma das suas subsidiárias e no Pocophone F1, lançado em agosto de 2018, um dos telemóveis mais bem sucedidos no mercado. Aguardamos pelo Pocophone F2 e destacamos as suas specs e possível preço em Portugal.

A gigante chinesa garantiu a manutenção da POCO enquanto sub marca, mas não sabemos se esta lançará novos produtos durante o ano de 2020. Entretanto, a marca tornou-se independente da Xiaomi tal como a Redmi.

A data de lançamento do POCO F2 pode ter lugar em 2020

POCO
A SPIGEN, fabricante de capas e acessórios, revelou esta imagem.

A Xiaomi garantiu a manutenção da marca POCO, mas tirando isso pouco mais fez para confirmar, ou desmentir, um futuro POCO F2 que já só por milagre chegaria em 2019. O telemóvel pode já ter sido certificado e é provável que chegue em 2020.

Uma vez que o Pocophone F1 utilizou o então SoC topo de gama, Snapdragon 845, é razoável esperar o Snapdragon 855 Plus que ficará mais barato à medida que o novo SD 865 for produzido em grande escala, ou até mesmo usar este último.

Acreditamos que esta seja a principal razão para o longo tempo de espera pelo Pocophone F2, devendo este chegar no final do ano, ou no início do próximo, com algumas das melhores specs disponíveis no mercado e com um preço muito competitivo.

As specs do Pocophone F2 podem ser de luxo:

  • Processador Snapdragon 855 Plus ou 865, da Qualcomm
  • 6 a 8 GB de memória RAM
  • 128 a 256 GB de armazenamento interno
  • Ecrã OLED de 6,4 polegadas com resolução Full-HD+
  • Leitor de impressões digitais embutido no ecrã
  • Câmara traseira com 4 sensores (principal de 64 MP + 8 MP + 13 MP)
  • Lente grande angular, ultra-grande angular, zoom ótico e ToF
  • Câmara frontal perfurando o ecrã (20 MP)
  • Bateria de 4000 mAh com carregamento rápido a 27 W
  • MIUI 11 da Xiaomi baseada no Android 10 da Google
  • Altifalantes estéreo

Além do processador de gama alta, as especificações do Pocophone F2 incluirão 6 ou 8 GB de memória RAM, além de várias otimizações de software (MIUI) para garantir um desempenho excelente.

O utilizador poderá usufruir de 128 ou 256 GB de armazenamento interno, aqui consoante a versão escolhida. Por outro lado, não contamos com o suporte para cartões de memória micro SD para expansão.

O design será muito familiar para este Xiaomi

Spigen
A listagem do produto refere expressamente o POCO F2

Relativamente ao design contamos com uma aparência bastante similar, em traços gerais, ao modelo atual, o POCO F1. No entanto, contamos com uma acentuada redução das margens, além da adoção de um ecrã perfurado, tal como sugerem as patentes.

Os materiais de construção podem continuar a utilizar o plástico policarbonato como principal componente. Algo que ajudará a manter o preço em conta, mas que pode agora ganhar uma nova textura e acabamentos mais requintados.

A incrível relação preço / qualidade nas specs

pocophone f2
A ilustração de uma patente anterior apresenta outro design

A câmara principal, na traseira, deverá manter o alinhamento vertical do POCO F1, mas contará agora com mais duas câmaras. O sensor ToF (Time of Flight) será uma delas, ficando encarregue de fazer um mapeamento tridimensional.

Aponta-se ainda um novo sensor principal de 64 MP (Samsung GW1), já em utilização nos mais recentes Redmi. A este, juntar-se-ão um sensor possivelmente de 8 MP para a ultra-grande angular e um de 16 MP para a lente com zoom ótico.

A bateria terá pelo menos 4000 mAh, mas esperemos que desta vez não torne o smartphone notoriamente espesso. Contamos também com a mais recente tecnologia de carregamento rápido da Xiaomi.

Há vários rumores em torno do Pocophone F2...

patente Xiaomi
A patente mostra-nos uma câmara frontal que perfura o ecrã

Os rumores sugerem ainda a utilização de altifalantes duplos para o Pocophone F2 da Xiaomi. Algo que o dotaria de som estéreo, melhorando a experiência de consumo de multimédia, desde os jogos aos filmes e vídeos do YouTube.

Algo que os utilizadores também têm vindo a pedir é um maior cuidado com os acabamentos do smartphone. O plástico policarbonato, ainda que económico, dá um aspeto pouco polido ao terminal, mas isso pode mudar com o F2.

As melhorias estarão também presentes no ecrã do Pocophone F2. Face ao ecrã IPS LCD de 6,1 polegadas do modelo original, a utilização de um ecrã OLED melhoraria muito a qualidade do produto. Pedem-se ainda margens menores.

Alternativamente, o POCO F2 pode nunca vir a ser lançado, sendo este outro dos rumores em circulação.

Pode vir a chamar-se Pocophone X2

Surgiram alguns rumores que apontam a terminologia (nome) Pocophone X2 a chegar em 2020 como segundo telemóvel lançado pela marca. Até ao momento não podemos confirmar nem desmentir esta tese.

De qualquer modo, o crescente número de publicações e sugestões para o "próximo Pocophone", tornam cada vez mais provável que um novo telemóvel venha efetivamente a ser lançado.

O preço competitivo para o Pocophone F2 da Xiaomi

Poco F1
O POCO F1 (na imagem) destacou-se pelo preço em Portugal e no mundo!

É já um dado adquirido para uma empresa que se especializou em mercados como o indiano. Aí, o consumidor valoriza principalmente a relação preço qualidade, algo que deverá pautar também o POCO F2, tal como no modelo original.

Atualmente o Pocophone F1 oscila entre os 299 € e os 400 € em Portugal, sendo este o ponto de referência para o seu sucessor. O valor pode ser mais elevado, sobretudo se desta vez não tivermos compromissos na qualidade dos materiais.

As confirmações são escassas...

Poco
Pormenor da imagem partilhada pela SPIGEN

A publicação acima foi feita por um dos executivos da Xiaomi, responsável pela marca POCO e pelo mercado indiano. Aí, o gestor aparenta estar a sondar a opinião pública quanto a um possível Pocophone F2.

Uma prova circunstancial da sua existência surgiu em meados de novembro último com o registo de certificação de um smartphone por parte da agência chinesa 3C. O produto foi listado com o número de modelo M1912G7BE / M1912G7BC.

O mesmo equipamento foi também certificado pela National Radio Agency da China em outubro de 2019 e exclui o suporte para redes 5G, ainda que aponte a presença de carregamento rápido a 27 W.

Mais recentemente vimos uma certificação de produto que aparenta ser o POCO F2. Aí é sugerida a presença de 8 GB de memória RAM, além do mais recente processador da Qualcomm, o Snapdragon 865.

A POCO é (agora) independente da Xiaomi

Excited to share: #POCO will now be an independent brand!What started as a sub-brand within Xiaomi, has grown into its own identity. POCO F1 was an incredibly popular phone. We feel the time is right to let POCO operate on its own.Join me in wishing @IndiaPOCO all the best.

— Manu Kumar Jain (@manukumarjain) 17 de janeiro de 2020

À semelhança da Redmi, também a POCO adquire agora mais independência. Ainda assim, espera-se que a marca mantenha laços estreitos com a casa-mãe que, por exemplo, continuará responsável por diversos aspetos como, por exemplo, o software.

Para a Xiaomi esta medida significa que os seus modelos não competirão diretamente com os da POCO e, para esta última, há agora mais espaço para crescer paralelamente à casa-mãe.

Por fim, vale também referir que a POCO tem agora um novo sítio oficial na internet. Ainda sem qualquer referência ao Pocophone F2, mas já com uma nova plataforma que pode albergar os próximos lançamentos desta nova marca, mais independente.

A nova rival Realme em 2020

Poco
O logótipo oficial da POCO

Tal como a Realme se separou da casa-mãe, a OPPO, também a POCO deu este passo. Ambas as marcas competirão sobretudo no mercado indiano, sendo provável que expandam gradualmente a sua operação para a Europa.

Em síntese, paralelamente à Xiaomi temos a Redmi que se ocupa dos telemóveis de entrada e gama média. A POCO, no que lhe concerne, continuará concentrada no segmento de topo e isto aponta para o próximo Pocophone F2 ou X2.

Até ao momento não sabemos quando é que o Pocophone F2 será apresentado oficialmente. De qualquer modo, a POCO tem agora mais liberdade de operação e o lançamento de novos produtos torna-se cada vez mais provável.

Aproveita também para ficar a conhecer os produtos Xiaomi que valem a pena comprar. Além disso, fica a conhecer os melhores powerbanks da atualidade para que nunca fiques sem energia.

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.