Pocophone F2 poderá ser apresentado em 2020, segundo executivo da marca

Carlos Oliveira
Comentar

Depois do enorme sucesso do Xiaomi Pocophone F1, o mercado desespera pelo lançamento do seu sucessor. Após muitos avanços e recuos, parece que em 2020 iremos conhecer finalmente o Pocophone F2.

Quando confrontado por um utilizador no Twitter, o executivo da Poco, Alvin Tse, diz que novidades da marca chegarão em 2020. Embora não o diga expressamente, isto é considerado como uma confirmação de que o Pocophone F2 será revelado no próximo ano.

Pocophone F2

Durante algum tempo especulou-se que o Pocophone F2 pudesse ser apresentado até ao final deste ano. No entanto, nunca tivemos informações credíveis de que tal pudesse vir a acontecer.

Agora temos a indicação de que esse tão aguardado momento passa acontecer em 2020. Não temos forma de saber quando tal acontecerá, logo só nos resta esperar por novidades.

Xiaomi Pocophone F1 foi um dos maiores sucessos de 2018

Este topo de gama com um preço de gama média foi desenvolvido para atacar os mercados emergentes, mas rapidamente fez furor em todo o globo. Este smartphone revelou-se como uma das melhores apostas custo / benefício do mercado no ano passado.

Perante tamanho sucesso, os fãs e o mercado anseiam pela revelação do seu sucessor. Todavia, com a separação da Redmi da Xiaomi, já não existe o mesmo espaço que havia para a Poco.

Tal como a Poco, a Redmi fez do mercado indiano a sua principal aposta. Esta sub-marca não se limitou a lançar equipamentos intermediários, como também topos de gama e isso roubo o espaço de influência da Poco.

Se o possível Pocophone F2 seguir as linhas do seu antecessor, esperamos um equipamento com especificações de topo por um preço de gama média. Não temos ideia de como poderá ser o novo modelo, o que faz com que tenhamos de aguardar por mais informações.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.